quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

O CAMINHO ESTREITO PARA O RELACIONAMENTO COM DEUS - DIA 50

pelo Rev. Robert John Cericola, Carroll, OH - EUA

Dia 50

Movido pela Compaixão

Marcos 8: 2–10 "Tenho compaixão desta multidão; já faz três dias que eles estão comigo e nada têm para comer. Se eu os mandar para casa com fome, vão desfalecer no caminho, porque alguns deles vieram de longe". Os seus discípulos responderam: "Onde, neste lugar deserto, poderia alguém conseguir pão suficiente para alimentá-los?" "Quantos pães vocês têm? ", perguntou Jesus. "Sete", responderam eles.

Jesus, vendo a necessidade da multidão que o havia seguido por três dias, foi movido de compaixão para alimentar quatro mil pessoas com sete pães e alguns peixinhos.

Quantas vezes você olhou e viu a necessidade de alguém que mora na rua? Você foi movido de compaixão para ação como Jesus? A maioria das pessoas evitam pessoas que vivem na rua olhando rapidamente para o outro lado, ou simplesmente ignorando o que vêem. Outros diriam  a si mesmos, “ele ou ela trouxe isso para si mesmo, então é problema dele (a)”, ou usam a desculpa da falta de finanças para inibir qualquer faísca de compaixão.

Todas essas manobras para evitar as necessidades das pessoas revelam uma falta de amor subjacente. Amor e compaixão levam as pessoas à ação e são como irmãs gêmeas. À medida que somos transformados internamente na imagem de amor de Cristo, o amor é formado em nós, e é o que nos faz reagir de maneira diferente às necessidades das pessoas. Nós vemos a necessidade deles de Deus e sabendo que Ele pode satisfazer todas as suas necessidades, corremos para o Trono da Graça em favor deles.

Quando nos aproximamos do Trono da Graça em oração, para fazer nosso pedido por um outra pessoa, estamos sendo movidos com a mesma compaixão e amor que Jesus tem. Por causa do amor, nossa fé é ativada, é energizada e recebemos a resposta pela fé, e a pessoa por quem oramos recebe a bênção.

Deus responde com compaixão àqueles que fazem seus pedidos com um coração cheio de amor.

Concluindo a meditação     
O amor move Deus para a ação. Ter compaixão pelos perdidos vem através dos que estão morrendo para si mesmos e sendo formados na imagem de Cristo. Permaneça no caminho estreito e logo verá as necessidades das pessoas de forma diferente e você será levado à oração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário