terça-feira, 11 de dezembro de 2018

O CAMINHO ESTREITO PARA O RELACIONAMENTO COM DEUS - DIA 29

 pelo Rev. Robert John Cericola, Carroll, OH - EUA  
 O           
Dia 29

Participantes da natureza divina

2 Pedro 1: 3–4 (NKJV),
“Visto como o seu divino poder nos deu tudo o que diz respeito à vida e piedade, pelo conhecimento daquele que nos chamou pela sua glória e virtude;  Pelas quais ele nos tem dado grandíssimas e preciosas promessas, para que por elas fiqueis participantes da natureza divina, havendo escapado da corrupção, que pela concupiscência há no mundo”.  

A promessa extremamente grande e preciosa que nos dá acesso à natureza divina de Deus é a promessa da Nova Aliança a qual Jesus nos deu em João 15: 7 (NKJV): “Se permanecer em mim e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis tudo o que quiser, e isso será feito para você”. 

Ser capaz de participar da natureza divina de Deus conforme 2 Pedro é essencialmente o mesmo que extrair sua força de Cristo conforme Efésios 6. Participar da natureza divina de Deus ou extrair força de Cristo está disponível para aqueles que obedecem ou permanecem na Aliança. Perguntar é a chave para participar da força divina que vem em muitas formas. Por exemplo, nos anos 80, Bonnie e eu estávamos pastoreando uma igreja em Phoenix, Arizona. Estávamos precisando de alguns dias de descanso do ministério então fomos para a Margem Sul do Grand Canyon. Em nosso segundo dia na Margem Sul, caminhamos ao longo de uma trilha de três metros de largura que levava até o Angel Point. Enquanto caminhávamos, nos deparamos com uma trilha lateral que levava a uma pequena saliência na beira do cânion. Havia uma queda de mil metros na pequena saliência que criava um cenário perfeito para uma fotografia. Eu estava esperando posicionar a câmera em um tripé de tal forma que na foto pudéssemos aparecer suspensos no ar acima do cânion. No entanto, para chegar à pequena saliência, tivemos que nos arrastar por uma pedra muito grande. Pedi a Bonnie que se arrastasse sobre o pedra e ficasse na borda enquanto eu montava o tripé e focalizava a câmera. Uma vez que a câmera estava em foco, eu planejei rastejar sobre a grande pedra até a pequena saliência e ficar ao lado de Bonnie e tirar a foto usando um controle remoto. Quando ajustei a câmera, Bonnie me disse: "Robert John, eu estou com medo! Então respondi: "Estou quase pronto.” Ela exclamou: "Robert John, você não entende, eu estou com muito medo de me mexer". Olhando para longe da câmera em Bonnie, eu vi o rosto branco e percebi que ela estava em pânico. “Ok querida, vamos esquecer essa ideia. Rasteje de volta sobre a rocha.” “Robert John, eu não posso me mover!” Ela disse com uma voz trêmula. "Ok querida, vamos pedir ao Senhor para infundir de Sua força" Eu disse. Os próximos dez minutos pareceram uma eternidade quando oramos contra o espírito de medo e pedimos a Jesus que a enchesse de fé e paz para superar a situação. Quando a fé e a paz surgiram, o medo se foi e Bonnie foi capaz de rastejar de volta sobre a grande pedra e nós voltamos para nossa cabana.

Concluindo a meditação
Você aprendeu a participar da natureza divina de Deus, pedindo a Jesus para preenchê-lo com a força que você precisa para enfrentar as circunstâncias?

Nenhum comentário:

Postar um comentário