segunda-feira, 6 de maio de 2019

O CAMINHO ESTREITO PARA O RELACIONAMENTO COM DEUS - DIA 109

pelo Rev. Robert John Cericola, Carroll, OH - EUA

Meditação 109

Ame seus inimigos

Mateus 5:43-45 Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo e odiarás o teu inimigo. Mas digo-te, ama os teus inimigos, abençoa os que te amaldiçoam, faz o bem. para aqueles que te odeiam, e orai por aqueles que te maltratam e te perseguem, para que fiques filhos de vosso Pai nos céus; porque Ele faz o seu sol nascer sobre os maus e os bons, e faz chover sobre os justos e os injustos.

Você já foi falsamente acusado ou maltratado ou perseguido desnecessariamente? Como você reagiu? Você ama a(s) pessoa(s); você o(s) perdoou? É fácil andar no amor com seu vizinho ou seu colega de trabalho ou seu cônjuge até que eles se tornem seus inimigos.

Estamos vivendo no fim dos tempos e o amor de muitos está esfriando. A compaixão pelo nascituro desapareceu e agora nossa sociedade está discutindo a possibilidade de matar o recém-nascido após o nascimento. E este é apenas um exemplo, da decadência moral que destruirá o amor de muitos e tornará mais difícil o comando de “amar seus inimigos”. No entanto, Jesus sabe exatamente o que vamos enfrentar para obedecer ao mandamento de amar e, portanto, Ele está trabalhando para preparar o Seu povo para os próximos desafios.

Amar seus inimigos só pode ser realizado por aqueles que foram moldados interiormente à imagem de Cristo e compartilham Sua semelhança. Quando o inimigo entra como uma inundação, o padrão que deve ser levantado contra ele é o amor. Não nosso amor, mas o amor de Deus. À medida que o amor do mundo se torna mais e mais fraco, o amor de Deus se torna mais e mais brilhante através daqueles que escolheram seguir o caminho estreito para o relacionamento com Deus.

Concluindo a meditação
O amor de Deus foi demonstrado pela compaixão de Jesus Cristo. Ele podia ver que aqueles que o amaldiçoaram e perseguiram estavam presos por Satanás e em seu caminho para o inferno e responderam com amor e compaixão. Como o amor desaparece da sociedade, devemos ser capazes de ver através dos olhos de Jesus e permitir que Seu amor compassivo flua através de nós. Se você permanecer no Caminho Estreito, seguindo o mandamento de amar, sua vida própria desaparecerá e, como o Apóstolo Paulo, você poderá dizer: “não sou mais eu que vivo, mas Cristo vive em mim” e Ele vai amar seus inimigos através de você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário