quarta-feira, 6 de março de 2019

O CAMINHO ESTREITO PARA O RELACIONAMENTO COM DEUS - DIA 69

pelo Rev. Robert John Cericola, Carroll, OH - EUA

DIa 69

Alimento

João 4:31-34 (ACF) E entretanto os seus discípulos lhe rogaram, dizendo: Rabi, come. Ele, porém, lhes disse: Uma comida tenho para comer, que vós não conheceis. Então os discípulos diziam uns aos outros: Trouxe-lhe, porventura, alguém algo de comer? Jesus disse-lhes: A minha comida é fazer a vontade daquele que me enviou, e realizar a sua obra.

Nesta história, os discípulos deixaram Jesus descansando próximo a um poço e saíram para comprar comida. Quando eles voltaram rogaram à Jesus para Ele comer, Ele respondeu: “Uma comida tenho para comer, que vós não conheceis”.

Muitos acreditam que frequentar a igreja, dizimar, estudar a Bíblia, e participar da Ceia é o suficiente para Deus completar a obra que Ele começou neles. Estas atividades são todas boas, no entanto, não devemos deslizar em pensar que estamos cumprindo a vontade de Deus em fazer estas coisas, porque não é participar das atividades da igreja e sim fazer a vontade do Pai Celestial que nos alimenta espiritualmente.

A exemplo de Jesus Cristo, nosso Salvador, nosso alimento espiritual, Ele cumpriu  a vontade do Pai e nos conduz ao relacionamento com Ele. Quando Cristo é formado em nós, nasce em nós o amor à Deus e passamos a ter compaixão pelos perdidos, onde passamos a compartilhar com as pessoas a respeito de Jesus o qual é a nossa fonte de alimento espiritual.

Concluindo a meditação
Nossas atividades devem derivar da vontade de Deus e não da vontade do homem. Você está preso nas atividades da igreja? Você está cumprindo a vontade de Deus ou a vontade do homem?

Nenhum comentário:

Postar um comentário