sexta-feira, 15 de março de 2019

O CAMINHO ESTREITO PARA O RELACIONAMENTO COM DEUS - DIA 76

pelo Rev. Robert John Cericola, Carroll, OH - EUA

Dia 76

À Deriva

Hebreus 2: 1 (AMP) Portanto, convém-nos atentar com mais diligência para as coisas que já temos ouvido, para que em tempo algum nos desviemos delas.

Nas escrituras, o escritor de Hebreus está advertindo os crentes para que fiquem focados nas verdades que ouviram e não se desviem para os falsos ensinamentos. A expressão à deriva me lembra uma história que meu irmão David me contou sobre uma experiência que ele e um amigo tiveram enquanto pescavam em uma região de ilhas chamada Florida Keys.

Como seu barco não estava suprido com equipamento de navegação, ele sempre pescava usando o alcance de seus binóculos dos prédios ao longo da costa. No entanto, neste dia ele e seu amigo ficaram tão focados na pesca que se esqueceram da costa e acabaram por navegar em um canal de transporte bem longe da segurança da linha da costa.

Eles finalmente perceberam onde estavam quando um petroleiro começou a soar a buzina para avisar que o barco estava em seu caminho.

Desorientados e sem saber qual direção os levaria à costa, eles decidiram conduzir o barco por dez minutos em uma direção, parar e usar os binóculos para procurar a linha da costa. Depois de várias tentativas fracassadas de localizar a costa, o sol já estava se pondo, e com o tanque de gasolina quase vazio, eles fizeram mais uma desesperada tentativa de localizar a segurança da linha da costa.

Desta vez, quando olharam através dos binóculos, e viram uma luz fraca distante. Pensaram: Seria a luz de outro petroleiro ou a segurança da linha da costa? Sabendo que isso seria a tentativa final deles e arriscando uma noite no mar sem luzes, eles dirigiram em direção à luz e encontraram a linha da costa.

Tentar construir um relacionamento com Cristo fora da segurança do Caminho Estreito da obediência nos deixará à deriva, com muitas tentativas frustradas, o sol se pondo e nossos tanques de gasolina quase vazios. No entanto, quando nos concentramos em viver nossas vidas de acordo com o mandamento de Cristo de amar uns aos outros como Ele nos amou, Ele se torna intimamente envolvido em se revelar a nós. Ele quer que o conheçamos e, portanto, revela-se ao longo do caminho estreito.

Concluindo a meditação
Ao continuar ao longo de sua jornada, concentre-se em conhecer Jesus e Ele o ajudará a crescer profundamente em seu relacionamento com Ele. A dificuldade surge somente quando, através das preocupações desta vida, perdemos o foco em conhecê-Lo. Mantenha o foco em conhecê-lo e ele fará o resto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário