segunda-feira, 10 de maio de 2010

CUIDADO COM OS PASTORES QUE DIZEM "MEU AMIGO, MINHA AMIGA, O SENHOR, A SENHORA..."

Como se já não bastasse os pastores da Igreja Mundial usarem o apóstata-argumento do "sacrifício pastoral/bispal" em prol das pessoas para que elas recebam de Deus a prosperidade financeira, entre tantas outras promessas absurdas (preferem não pregar a carta de Pedro citada mais abaixo), agora os pastores da Universal (competindo na heresia e apostasia - O que me estranha muito é o Edir Macedo nada falar sobre essa "palhaçada" que acontece nas suas igrejas, pois é o seu "líder"), exageram "mentindo deliberadamente" acerca do esforço das suas caminhadas ao redor de Curitiba.

Os pastores da Universal estão divulgando através da rádio um sacrifício (esforço) sobre-humano que eles estão fazendo pelo povo (enquanto os bispos da Mundial estão quase se "matando" de esforço pelo povo no monte), desde a semana passada e que durará mais 1 mês, dando a seguinte informação: "Os especialistas afirmam (colocam a fala de uma outra pessoa): '...pode causar problemas articulares, rupturas de tendões, de ligamentos, fascites plantares e até problemas cardiovasculares...' E por que um homem de Deus sacrificaria o seu próprio corpo em favor do povo?" (cita o descarado "pastor" da Universal na rádio, nesta manhã do dia 10/05/2010). "Tudo isso para que você, meu amigo, minha amiga, possa vir a receber de Deus o que os pastores da nação dos 318 estão se sacrificando pelo senhor, pela senhora..."

QUANTA HERESIA, MAU-CARATISMO, ENGÔDO, LUDIBRIAÇÃO! PAREM SEUS HIPÓCRITAS! SEMPRE HAVERÁ UMA VOZ CLAMANDO E AVISANDO AO POVO DE DEUS PARA FUGIR DESSA BABILÔNIA! CORRAJAM FUJAM DESSES PATIFES!

É difícil saber quem mais prega heresia para fazer novos prosélitos; mais "filhos do diabo" do que eles mesmos, como Jesus mesmo falou.

Talvez nunca o evangelho tenha sido pregado tão desequilibradamente quanto essas igrejas o tem feito. Existe uma ênfase absurda na questão da "fé". É um tal de bispo emprestando sua fé, o falso positivismo "religioso" que obriga as pessoas determinarem por fé a sua prosperidade, livros escritos sobre fé natural e fé espiritual, e, para não variar, a caixa registradora somando as altas arrecadações. Pregam uma fé egocêntrica, altruísta, uma fé servilheta dos anseios e desejos humanos.

Esses pastores esquecem de pregar o que o apóstolo Paulo ensinou: "E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria." (I Contíntios 13:2, ênfase minha)

O pior, não pregam que a importância da fé está exatamente em guardá-la para se obter, no último dia, a salvação eterna. Parece-me que a I carta de Pedro não existe para eles. Esqueceram do que o apóstolo ensinou: "que pelo poder de Deus sois guardados, mediante a fé, para a salvação que está preparada para se revelar no último tempo; na qual exultais, ainda que agora por um pouco de tempo, sendo necessário, estejais contristados por várias provações, para que a prova da vossa fé, mais preciosa do que o ouro que perece, embora provado pelo fogo, redunde para louvor, glória e honra na revelação de Jesus Cristo; a quem, sem o terdes visto, amais; no qual, sem agora o verdes, mas crendo, exultais com gozo inefável e cheio de glória, alcançando o fim da vossa fé, a salvação das vossas almas." (I Pedro 1:5-9)

Cuidado com a apostasia que está sendo irradiada pelas igrejas evangélicas!

É isso aí.

Escrito e publicado aqui por Éber Stevão

Nenhum comentário:

Postar um comentário