quinta-feira, 11 de março de 2010

O EVANGELHO PREGADO MUDOU DE ARREPENDIMENTO PARA ALTRUÍSMO

Nas igrejas, rádios e televisões evangélicas tem-se ouvido a seguinte pregação:
“Deus te ama e tem um plano maravilhoso para sua vida” e normalmente logo a seguir, vem um monte de explicações de tudo aquilo que Jesus pode fazer por aquela pessoa a quem a mensagem é dirigida. Jesus pode ajeitar a sua vida, condição financeira, sua auto-estima, o seu casamento, e tudo o mais que você quiser”. Inclusive existe uma música de uma cantora evangélica que toca continuamente nas rádios e que diz assim: “tudo aquilo que eu pedir, com fé, vou receber”.

Ao que todos sabem a respeito de um pecador, ele é um egocêntrico, altruísta, autônomo, faz suas próprias coisas e do seu próprio jeito, tem os seus próprios sonhos e é apaixonado por si mesmo.

Então, no culto de domingo alguém prega para essa pessoa:
“Deus lhe ama e tem um plano maravilhoso para sua vida”. Certamente que essa pessoa vai dizer:
“O que? Deus me ama? Isso é fantástico, porque eu também me amo muito. Isso é maravilhoso. E você está dizendo que Ele me ama mais do que eu consigo me amar? Não, isso é impossível. E Deus tem um plano maravilhoso para minha vida? Nossa, eu também tenho um plano maravilhoso para minha vida. E você está me dizendo que se eu aceitar esse Jesus, Ele vai me ajudar com todos os planos maravilhosos e sonhos que eu tenho para minha vida, se eu pedir com fé, de tal forma que eu posso ter a melhor vida possível, exatamente aqui, agora, nesta terra?”

"Sim", afirmaria a voz pregadora...

“Então eu vou aceitar imediatamente um Deus que faz tudo isso por mim. Por acaso você não teria dois deles aí?”

Daí começa o louvor e os líderes passam a chamar aqueles “empolgados” que querem aceitar a Jesus Cristo, sem se quer ter sido pregado sobre o pecado, a morte eterna, a morte para o eu, a justiça Divina, o juízo eterno de Deus e a Salvação gratuita ofertada por Jesus Cristo.

Compare com as mensagens abaixo:

"Naqueles dias apareceu João, o Batista, pregando no deserto da Judéia, dizendo: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus." (Mateus 3:1,2)

"Desde então começou Jesus a pregar, e a dizer: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus." (Mateus 4:17)

"E ouvindo eles isto, compungiram-se em seu coração, e perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos: que faremos, varões irmãos? E disse-lhes Pedro: arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo." (Atos 2:37,38)

"Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim, os tempos do refrigério pela presença do Senhor." (Atos 3:19)

De João Batista, passando por Jesus Cristo, até os apóstolos, a mensagem era única: arrependei-vos. Não vejo muita semelhança com a atual!

Talvez essa forma de retratar um culto evangélico também soe estranha para você, evangélico, mas a verdade é que isso tem sido pregado nas igrejas ultimamente. É assim que a mensagem ecoa, pois não se prega o arrependimento! Prega-se um Deus que lhe serve e faz tudo o que você quer para lhe prosperar nessa vida, assim você vai ficar bem confortável e feliz, e as adversidades da vida nunca lhe alcançarão!

Um Evangelho falso, sem vida, morto, que resolve os problemas daqui somente, através de uma mensagem motivacional, que nem mesmo bíblica é, e que não traz a certeza da vida eterna.

Pense nisso!

É isso aí.

Escrito e publicado aqui por Éber Stevão

Nenhum comentário:

Postar um comentário