terça-feira, 18 de agosto de 2009

IGREJA UNIVERSAL DO REINO DE DEUS: O QUE É VERDADE, O QUE É MENTIRA?

Sou também consultor e diretor científico de uma firma que fabrica produtos na minha área de atuação profissional e ontem durante o dia recebi três questionamentos acerca do que está acontecendo entre a Rede Globo e a Rede Record. Como lá sabem que sou evangélico, naturalmente, queriam ouvir a minha opinião. Uma das pessoas me perguntou: “Você viu a reportagem sobre a Igreja Universal? Lá as pessoas sofrem uma lavagem cerebral e ficam com as mãos para cima dizendo aleluia até entrarem em transe e depois dão todo o dinheiro para a igreja”.

Obviamente sei que não é bem assim, mas a verdade é que a Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) e o próprio bispo Edir Macedo têm trazido escândalo para os evangélicos! Jesus disse: “Ai do mundo, por causa dos escândalos; porque é mister que venham escândalos, mas ai daquele homem por quem o escândalo vem!” (Mateus 18:7)

No domingo, no programa da Record que entrevistou o bispo Edir Macedo, falando de uma de suas igrejas em Miami, EUA, ele citou que se alegrava por estar sendo perseguido. Ele deve estar enganado, pois ele não está sendo perseguido por pregar e amar a Jesus Cristo. Creio que ele confundiu as palavras de Jesus: “Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa.” (Mateus 5:11 - ênfase minha)

Como se não bastasse o bombardeio ontem, hoje cedo na Rádio Rede Aleluia, no programa da IURD, estavam anunciando o dia do “caminha santo”. O pastor que irradiava a mensagem pedia que aqueles que queriam receber uma bênção, deveriam comparecer em um dos próximos cultos da Igreja Central da IURD em Curitiba, com um pão, para passar pelo corredor do “caminho santo”. Dizia ele “o mau não lhe tocará e não chegará perto de ti, meu amigo, minha amiga”. Com um pão? Caminho santo? O que está acontecendo meu Jesus amado?

Nessas igrejas apóstatas, é assim: um dia é o pão, outro é a rosa abençoada, outro o copo de água santa, outro o sal grosso, e vai por aí afora! Para mim, pão e sal grosso são apenas ingredientes para churrasco! Não têm nada a ver com fé, com a salvação gratuita do Senhor Jesus Cristo, dom de Deus para os homens. Essas coisas são laços, não libertam, pelo contrário aprisionam ainda mais as pobres almas que precisam alcançar a Cristo, tão somente.

Parem com essas besteiras! Parem! O Espírito diz: parem, se arrependam, ainda é tempo!

Achei bem estranho ouvir isso de um pastor de uma igreja que se diz “evangélica”, pois creio que o mau, o diabo, o inimigo das nossas almas, não nos toca por causa do nome todo poderoso de Jesus Cristo (“Somos nascidos de Deus e o maligno não pode tocar-nos.” 1 João 5:18). Que o céu e inferno tremem (em Tiago 2:19 afirma que até “os demônios estremecem”) somente em ouvir esse nome. Que é o sangue do Cristo eterno que nos cobre de toda injustiça ("O qual se deu a si mesmo por nós para nos remir de toda a iniqüidade.” Tito 2:14). Agora, corredor do “caminho santo” para nos livrar do mau? Desculpe, mas desconheço isso biblicamente. Isso só existe na cabeça dos ilusionários e marqueteiros da fé! Salafrários que se aproveitam da simplicidade das ovelhas de Cristo!

No final daquela entrevista com o bispo Edir Macedo, ele frisou algumas vezes: “Nós vamos arrebentar, pode crer; vocês vão ver, nós vamos arrebentar”. Fiquei triste em ouvir isso, pois a palavra de Deus diz assim: “Deus não nos deu espírito de covardia, mas de poder, amor e moderação.” (2 Timóteo 1:7 - ênfase minha). Moderação bispo Edir Macedo, moderação! Vai aqui um conselho bispo: seja mais humilde e menos arrogante, pois “A arrogância (soberda) precede a ruína, e o espírito altivo, a queda.” (Provérbios 16:18)

Agora, tente você, crente em Jesus Cristo, noiva do Cristo verdadeiro, entender essa confusão no meio evangélico e o motivo da falta de pregação da verdade bíblica!

É isso aí. Fique na paz.

Escrito e publicado aqui por Éber Stevão

Nenhum comentário:

Postar um comentário