quinta-feira, 29 de março de 2018

O ERRO DA DOUTRINA DA PREDESTINAÇÃO - CUIDADO COM O CALVINISMO!


        O Calvinismo impõe uma difícil questão no meio evangélico que precisa ser discutida com mais calma e profundidade.

            
É importante ressaltar que o teólogo Calvino, como protestante suíço que era, criou essa tal de doutrina da predestinação. Essa doutrina não é bíblica. Não está na Bíblia em parte alguma. Ela é tão somente dele e foi trazida para o meio evangélico por alguém que cito mais abaixo. Por esse mesmo motivo, um também teólogo chamado James Armínius, de origem holandesa, tanto o combateu. Outro fato ainda mais perturbador ainda é que existe muita dúvida com relação a Calvino ser um verdadeiro seguidor de Jesus Cristo, pois, por ordem dele, Miguel Servet, um de seus opositores, foi condenado à morte na fogueira! Que lindo exemplo sr. Calvino!

Em I Tessalonicenses 1:4 lemos assim: "Sabemos, irmãos, amados de Deus, que Ele os escolheu." Perceba que o texto acima refere-se aos irmãos, no plural.

Em II Pedro 1:10 está escrito: "Portanto, irmãos, empenhem-se ainda mais para consolidar o chamado e a eleição de vocês, pois se agirem dessa forma, jamais tropeçarão."

Já em II Timóteo 1, o texto bíblico assim diz: "...que nos salvou e nos chamou com uma santa vocação, não em virtude das nossas obras, mas por causa da sua própria determinação e graça. Esta graça nos foi dada em Cristo Jesus desde os tempos eternos."

Quer certeza da salvação eterna? Tenha por seguro que está andando com Cristo. Você terá segurança eterna se somente andando com Jesus Cristo. Não adianta fazer parte de um grupo sociológico cristão, temporal, mas sim de um teológico, eterno, em Cristo Jesus. Existe uma grande diferença entre ser um cristão e estar em Cristo, ser dele, pertencer a Ele e com Ele viver.

A predestinação tem a ver com o nosso chamado específico, ou seja, estar exercendo o meu/seu ministério (seja qual for para o qual Ele me/lhe chamou) ou fazendo algo que Deus me/lhe predestinou a fazer. Você e eu fomos PREDESTINADOS a fazer isso!

Portanto, predestinação está relacionada com o chamado, coisa totalmente diferente no que diz respeito à nossa Salvação eterna. Nós fomos salvos para irmos ao céu e fomos salvos para cumprirmos um chamado nesta vida. Agora, o fato de sermos fiéis ou não para cumprirmos o chamado específico de Deus para nossas vidas, isso é outro tópico.

Não existe na Palavra de Deus, nem no Novo nem no Velho Testamentos, onde é citado que Deus predestinou algumas pessoas para irem para o inferno e outros para o céu. Não existe um único versículo qualquer na Bíblia que indica algum indivíduo ser ELEITO por Deus para a vida eterna.

Todos os homens gerados segundo a carne, em Adão, são vasos para desonra. Porém, tanto judeus como gentios, precisam nascer de novo para serem feitos filhos de Deus, tornando-se vasos para honra.

Nós, o corpo de Cristo, somos os ELEITOS.

Israel é uma nação eleita, porém a maioria dos judeus será cortada de Israel. O fato da maioria dos judeus não acreditar no Novo Testamento é o resultado e não o problema que Israel tem como nação eleita. Já o problema resulta em não acreditarem no Velho Testamento; não acreditam em Moisés e nos profetas, portanto não podem acreditar em Jesus Cristo.

Calvino errou e errou feio. Sua doutrina se não cria cristãos arrogantes gera pessoas que acabam desistindo da busca de Deus, pois pensam que podem estar destinadas ao inferno devido ao seu estilo de vida longe de Jesus Cristo e que não são merecedoras dEle. Ardilosa artimanha de satanás!
           
Por fim, o próprio apóstolo Pedro que rechaça totalmente a predestinação: “O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia, mas é longânime para convosco, não querendo que nenhum se perca, senão que todos venham a arrepender-se.” (2 Pedro 3:9)

Nenhum comentário:

Postar um comentário