quarta-feira, 27 de junho de 2012

O ARREBATAMENTO (SECRETO) DA IGREJA TERÁ QUE SER EM 2012, DO CONTRÁRIO OS QUE DEFENDEM ESSA TEORIA ANTI-BÍBLICA ESTARÃO "FRITOS"

Para nós evangélicos que NÃO cremos no arrebatamento (secreto) da Igreja de Cristo, porque entendemos que Jesus Cristo voltará apenas uma vez mais, pois a primeira já se deu, será muito interessante passar pelo mês de julho de 2012, porque se o arrebatamento (secreto) da Igreja não acontecer, os defensores dessa heresia estarão em apuros. Estou esperando para ver...

Por que devemos ficar alertas até o término do mês de 2012? Veja o que os hereges da teoria do arrebatamento (secreto) defendem.

Em Daniel 9:25, Deus diz a Daniel, através do anjo Gabriel, que do retorno de Israel, da reconstrução de Jerusalém até a vinda do Messias, haveria dois períodos totalizando 69 semanas: um de 49 anos (7 semanas) e outro de 434 anos (62 semanas). Tudo certo até aqui, pois é bíblico e não há qualquer problema quanto a essa revelação de Deus para o profeta Daniel.

Para os que defendem o arrebatamento (secreto), aqueles que foram influenciados pela não bíblica série de Tim Lahaye - Deixados para Trás - o motivo das 69 semanas serem divididas em dois períodos é porque haverá 2 vindas do Messias. Uma heresia sem fim, mas tudo bem, vamos aos fatos apresentados por eles.

Em Daniel 9:26 há a indicação de que o período de 434 anos (62 semanas) já foi cumprido através da "primeira" vinda de Jesus Cristo, sendo que ele morreu e ressuscitou. Sendo assim, ainda restam 49 anos para serem cumpridos.

Existiram até hoje apenas DOIS decretos que podem ter determinado o retorno e a reconstrução de Jerusalém: o primeiro aconteceu em 445 a.C. e o segundo, em 1967, exatamente um ano antes do meu nascimento.

Se contarmos 49 anos a partir da data do segundo decreto (ano de 1967), porque do primeiro as coisas não se encaixam de forma alguma, a "segunda" vinda de Cristo deverá acontecer por volta do ano de 2016 no Rosh Ha Shana. Segundo eles, o período da tribulação acaba 10 dias depois (perto do dia 12 de Outubro de 2016) no Yom Kippur.  

Para os que defendem o arrebatamento (secreto), esse acontecimento deverá ocorrer entre 3,5 anos (meio da tribulação) antes do fim da tribulação o que daria por volta da metade do ano de 2012. Minha pergunta é: Já vivemos então os 3 anos e meio da tribulação? Hun, não sabia disso...

E o que dizer dos pré-tribulacionistas? Esses estão perdidos mesmo, porque já se passaram quase 3,5 anos da tribulação e o arrebatamento não aconteceu. Então, a heresia dos pré-tribulacionistas já foi desmascarada, vamos ver o que acontecerá com os meso-tribulacionistas. 

Jerusalém voltou a pertencer aos judeus no dia 07 de Junho de 1967 durante a Guerra de Seis Dias, assim como Jesus havia profeticamente avisado. Ou seja, isso aconteceu depois de 1930 anos seguidos do tempo dos gentios pisoteando Jerusalém, como está escrito em Lucas 21:24 "E cairão ao fio da espada, e para todas as nações serão levados cativos; e Jerusalém será pisada pelos gentios, até que os tempos dos gentios se completem."

Uma vez que já se passaram exatamente 45 anos após a Guerra dos Seis Dias (data exata 4 de junho de 2012), e uma geração bíblica durante aproximadamente 40 anos (ou um pouco mais), espera-se que a volta (secreta) de Jesus Cristo esteja muito próxima.

Vamos esperar para ver.

Escrito e publicado aqui por Éber Stevão

Nenhum comentário:

Postar um comentário