sexta-feira, 29 de junho de 2012

COMBATENDO HERESIAS E HEREGES - PARTE I

Heresias no meio evangélico

Alguns podem argumentar que ao escrever aqui no blog contra as heresias e levantar argumentos para desmascarar os hereges é ficar criando discórdia no meio do povo de Deus. Pois bem, não aceito esse argumento que é fraco e falho. Além disso, não há nenhum embasamento bíblico para que essa acusação seja feita.

Vamos ao que a Bíblia diz: “Há seis coisas que o Senhor odeia... a testemunha falsa que espalha mentiras e aquele que provoca discórdia entre irmãos.” Provérbios 6:16,19.

O herege que prega algo que não é bíblico não somente está espalhando a mentira como está provocando discórdia entre irmãos. Portanto, não é aquele que tenta trazer luz à mentira, fazendo com que ela seja exposta e comparada com a verdade, que está criando divisão no meio da Igreja de Cristo.

Portanto, você que gosta de sempre enviar aquela mensagenzinha “espiritual” acusando que alguns textos meus no blog julgam e abrolham divisões nos evangélicos, causando mais mal do que bem, pense claramente no texto bíblico acima antes de enviar o seu comentário (que muito obviamente será deletado).
Dito isso, embasados biblicamente já podemos prosseguir.


Então, como dizia anteriormente, um herege é aquele que semeia discórdia na igreja, ensinando algo contrário à Palavra de Deus. É a heresia que causa a discórdia e não aquele que crê na Bíblia e que expõe a heresia quando confrontada pela Palavra de Deus. Pelo contrário, é dever de toda pessoa que crê na Palavra de Deus e a estuda, e por causa disso consegue discernir o herege, marcar o herético e avisar o restante da igreja sobre a heresia que aquele prega, a fim de que os participantes do grupo possam ser fortes na fé e não se desviem.

Biblicamente fomos avisados sobre esses hereges que entram no meio do rebanho se fazendo de ovelhas, mas que são lobos.



Meditemos nos textos abaixo:

"E até importa que haja entre vós heresias, para que os que são sinceros se manifestem entre vós." I Coríntios 11:19


Significa então dizer que aquele que estuda a Bíblia, para se mostrar "aprovado por Deus", conforme o texto de II Timóteo 2:15 Procura apresentar-te diante de Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.”, é capaz através das Escrituras (ver Atos 18:28, Romanos 16:26 e I Coríntios 2:13) de fazer com que a verdade seja conhecida e a heresia exposta claramente.

“Eu sei que depois da minha partida entrarão no meio de vós lobos cruéis que não pouparão rebanho, e que dentre vós mesmos se levantarão homens, falando coisas perversas para atrair os discípulos após si.” Atos 20:29-30

"Assim como, no meio do povo, surgiram falsos profetas, assim também haverá entre vós falsos mestres, os quais introduzirão, dissimuladamente, heresias destruidoras, até ao ponto de renegarem o Soberano Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina destruição." II Pedro 2:1

"Pois haverá tempo em que não suportarão a sã doutrina; pelo contrário, cercar-se-ão de mestres segundo as suas próprias cobiças, como que sentindo coceira nos ouvidos e se recusarão a dar ouvidos à verdade, entregando-se às fábulas." II Timóteo 4:3

Então como devemos agir frente às heresias?

As escrituras nos dão claros mandamentos (ordenanças) de como devemos tratar as heresias na igreja:

"Rogo-vos, irmãos, que noteis bem aqueles que provocam divisões e escândalos, em desacordo com a doutrina que aprendestes; afastai-vos deles, porque esses tais não servem a Cristo, nosso Senhor, e sim a seu próprio ventre; e, com suaves palavras e lisonjas, enganam o coração dos incautos." Romanos 16:17-18
"Nós vos ordenamos, irmãos, em nome do Senhor Jesus Cristo, que vos aparteis de todo irmão que ande desordenadamente e não segundo a tradição que de nós recebestes. Caso alguém não preste obediência à nossa palavra dada por esta epístola, notai-o; nem vos associeis com ele, para que fique envergonhado. Todavia, não o considereis por inimigo, mas adverti-o como irmão." II Tessalonicenses 3:6, 14, 15

"Evita o homem herege, depois de admoestá-lo primeira e segunda vez, pois sabes que tal pessoa está pervertida, e vive pecando, e por si mesma está condenada." Tito 3:10-11

Não só o apóstolo Paulo escreve estes mandamentos, mas ele pratica o que ele prega como um exemplo para nós:
"Evita, igualmente, os falatórios inúteis e profanos, pois os que deles usam passarão a impiedade ainda maior. Além disso, a linguagem deles corrói como câncer; entre os quais se incluem Himeneu e Fileto. Estes se desviaram da verdade, asseverando que a ressurreição já se realizou, e estão pervertendo a fé a alguns." II Timóteo 2:16-18

"Este é o dever de que te encarrego, ó filho Timóteo, segundo as profecias de que antecipadamente foste objeto: combate, firmado nelas, o bom combate, mantendo fé e boa consciência, porquanto alguns, tendo rejeitado a boa consciência, vieram a naufragar na fé. E dentre esses se contam Himeneu e Alexandre, os quais entreguei a Satanás, para serem castigados, a fim de não mais blasfemarem." I Timóteo 1:18-20


Escrito e publicado aqui por Éber Stevão

Nenhum comentário:

Postar um comentário