sábado, 10 de março de 2012

FIM DOS TEMPOS E OS SINAIS DA VOLTA DE JESUS CRISTO - NÃO SEJA ENGANADO

Continuamente houve-se nas rádios evangélicas que Jesus Cristo pode voltar a qualquer momento sem qualquer aviso. É uma pregação feita não com o intuito de relembrar as pessoas acerca da promessa que Ele nos fez que um dia voltaria, mas muito mais para fazer cativos e igrejeiros adeptos ou, quem sabe, porque os pregadores acreditem erroneamente no arrebatamento pré-tribulação.

Já escrevi antes sobre esse tema, mas vale muito alertar nossos irmãos em Cristo que esperam o retorno do nosso Mestre. As Escrituras nos ensinam que há pré-requisitos que virão antes do retorno de Jesus Cristo e por isso o arrebatamento da igreja antes da tribulação não pode acontecer. Certamente Jesus não voltará em 2012 e nem nos próximos anos, pois There is simply not enough time in a year for all the events não há tempo suficiente em um ano para que todos os eventos que Jesus pregou possam advir. No mínimo esses eventos teriam que ter iniciado cerca de sete anos atrás.

Pensa-se que os cristãos tem a firme convicção de que a grande tribulação virá antes que Jesus possa governar. O fato é que existem muitos crentes que acreditam no arrebatamento pré-tribulação e que esse evento pode ocorrer a qualquer momento. Mas Ele deixou claro que o seu regresso para legislar será depois que o mundo tenha atravessado a grande tribulação, conforme Mateus 24:29-30: “Logo DEPOIS da tribulação daqueles dias, escurecerá o sol, e a lua não dará a sua luz; as estrelas cairão do céu e os poderes dos céus serão abalados. Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem, e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão vir o Filho do homem sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória.” (Ênfase minha).

A Bíblia revela um roteiro bem detalhado sobre os eventos futuros antes que Jesus venha. O efeito é em cascata e sequencial, portanto, uma condição “D” não pode surgir antes da “A”. A lista dos pré-requisitos são os seguintes:

1) Grande Tribulação: conforme Daniel 9:27 e Mateus 24:15, Jesus deve retornar depois de uma tribulação que sacudirá o mundo. Durante esse período o Anticristo governará o mundo por 42 meses, ou seja, 3 anos e meio, de acordo com Apocalipse 13. Ele forçará para que todos tenham um sinal na mão direita ou na testa durante esse tempo. Claramente, nós não estamos na Grande Tribulação e nenhuma marca da besta foi emitida ainda. Assim sendo, Jesus não voltará nos próximos 3 anos e meio. Portanto, se o seu pastor ou líder pregar que Jesus está para voltar “nesta noite”, interrompa o culto e peça para ele ler a Bíblia e parar com essa paranoia.

2) Abominação da Desolação: a grande tribulação começará 30 dias (dos 1290 dias da grande tribulação, faltarão 1260) após a abominação da desolação ter sido levantada no Monte do Templo, segundo Marcos 13:14: “Ora, quando vós virdes a abominação da desolação estar onde não deve estar (quem lê, entenda), então os que estiverem na Judéia fujam para os montes”. A abominação se refere à imagem da besta (muito provavelmente em forma de estátua) sendo erguida para adoração, de acordo com Apocalipse 13:1-11: “Então vi subir do mar uma besta que tinha dez chifres e sete cabeças, e sobre os seus chifres dez diademas, e sobre as suas cabeças nomes de blasfêmia. E a besta que vi era semelhante ao leopardo, e os seus pés como os de urso, e a sua boca como a de leão; e o dragão deu-lhe o seu poder e o seu trono e grande autoridade. Também vi uma de suas cabeças como se fora ferida de morte, mas a sua ferida mortal foi curada. Toda a terra se maravilhou, seguindo a besta, e adoraram o dragão, porque deu à besta a sua autoridade; e adoraram a besta, dizendo: Quem é semelhante à besta? quem poderá batalhar contra ela? Foi-lhe dada uma boca que proferia arrogâncias e blasfêmias; e deu-se-lhe autoridade para atuar por quarenta e dois meses. E abriu a boca em blasfêmias contra Deus, para blasfemar do seu nome e do seu tabernáculo e dos que habitam no céu. Também lhe foi permitido fazer guerra aos santos, e vencê-los; e deu-se-lhe autoridade sobre toda tribo, e povo, e língua e nação. E adorá-la-ão todos os que habitam sobre a terra, esses cujos nomes não estão escritos no livro do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo. Se alguém tem ouvidos, ouça. Se alguém leva em cativeiro, em cativeiro irá; se alguém matar a espada, necessário é que à espada seja morto. Aqui está a perseverança e a fé dos santos. E vi subir da terra outra besta, e tinha dois chifres semelhantes aos de um cordeiro; e falava como dragão. Também exercia toda a autoridade da primeira besta na sua presença; e fazia que a terra e os que nela habitavam adorassem a primeira besta, cuja ferida mortal fora curada.” Assim sendo, essa é mais uma profecia de Jesus Cristo que ainda não se cumpriu. Portanto, Ele não poderá voltar antes que a abominação da desolação aconteça.

3) Sacrifícios no Monte do Templo: da mesma forma, nos dias da Abominação, diárias oblações e sacrifícios de animais que tinham sido retomados por judeus ortodoxos, deverão ser interrompidos no Monte do Templo (Monte Moriá), conforme Daniel 12:11: “E desde o tempo em que o holocausto contínuo for tirado, e estabelecida a abominação desoladora, haverá mil duzentos e noventa dias.” Ora, se esses sacrifícios ainda nem começaram, então, os pré-tribulacionistas tem um enorme problema a sua frente. O que fazer, crer nesse conceito errado sobre a volta de Jesus ou crer na Palavra de Deus? Você decide.

4) Terceiro Templo: várias passagens descrevem um Terceiro Templo no Monte do Templo durante a Grande Tribulação. Leia Apocalipse 11:1-2; Mateus 24:15; 2 Tessalonicenses 2:3-4. O Anticristo é ainda descrito como aquele que está sentado nesse templo nos tempos do fim, declarando a si mesmo como Deus, como está escrito em 2 Tessalonicenses 2:4: “aquele que se opõe e se levanta contra tudo o que se chama Deus ou é objeto de adoração, de sorte que se assenta no santuário de Deus, apresentando-se como Deus.” Todos nós sabemos que ainda não existe nenhum templo, apesar da existência de um projeto de construção que está em andamento. A IURD (Igreja Universal do Reino de Deus) está começando a construir o Templo de Salomão, abominação maior não há. Só falta depois de construído a IURD começar a fazer sacrifícios de animais! Olha que isso não é muito difícil de acontecer; fiquem de olho. Qualquer semelhança é mera conincidência! Agora, em Israel, já está quase tudo preparado para esse templo e ele pode surgir em poucos anos. Leia mais sobre isso no blog http://templemountjerusalem.blogspot.com ou http://www.templeinstitute.org/temple_mount.htm   

Mesmo se isso for verdade, a política atual em Jerusalém não permite que nada seja construído no Monte do Templo sem a aprovação dos árabes. O poder e controle árabe na região precisam ser quebrados primeiro e, certamente, isso não acontecerá sem uma guerra. Seria essa a guerra descrita no Salmo 83?

5) O Sexto Selo: leia cuidadosamente Apocalipse 6:12-17 abaixo: “E vi quando abriu o sexto selo, e houve um grande terremoto; e o sol tornou-se negro como saco de cilício, e a lua toda tornou-se como sangue; e as estrelas do céu caíram sobre a terra, como quando a figueira, sacudida por um vento forte, deixa cair os seus figos verdes. E o céu recolheu-se como um livro que se enrola; e todos os montes e ilhas foram removidos dos seus lugares. E os reis da terra, e os grandes, e os chefes militares, e os ricos, e os poderosos, e todo escravo, e todo livre, se esconderam nas cavernas e nas rochas das montanhas; e diziam aos montes e aos rochedos: Caí sobre nós, e escondei-nos da face daquele que está assentado sobre o trono, e da ira do Cordeiro; porque é vindo o grande dia da ira deles; e quem poderá subsistir?”.

Esse texto mostra que toda a população estará em pânico, correndo para se esconder em resposta a sinais nos céus e um grande terremoto global movimentando todas as ilhas e todos os montes, tirando-os de seus lugares. Pelo que se tem notícia, nada disso aconteceu desde os primeiros anos quando o Novo Testamento estava sendo escrito.

6) Salmo 83 / Isaías 17: Guerra, Damasco é destruída. Antes de todos os cinco eventos elencados acima, uma rápida guerra está prevista no Oriente Médio entre Israel e muitos de seus vizinhos. Nem é necessária uma Bíblia para profetizar isso, uma vez que todas as fontes seculares de jornalismo esperam que isso aconteça, devido às constantes tensões entre os filhos de Ismael (os árabes) e os filhos de Isaque (os judeus) que fazem manchetes toda semana nas redes de telecomunicações. Estamos assistindo todos os dias nas últimas semanas a preocupação do mundo com o programa nuclear do Irã. Na primeira semana de março de 2012, a reunião do presidente Barak Obama com o primeiro ministro Israelense foi no sentido de desmotivar o levante de Israel contra o Irã. O resultado dessa guerra será a destruição de Damasco e várias outras grandes cidades árabes e regiões, junto com muita devastação em Israel. Obviamente que esse ataque de Israel a qualquer país árabe ao seu redor ainda não aconteceu e Damasco continua como uma cidade, apesar do tumulto que o próprio povo sírio está fazendo contra o atual presidente.

Baseado no que foi escrito acima, teremos que esperar anos, talvez uma ou duas décadas antes que comecem os eventos do fim dos tempos. Obviamente que ninguém sabe exatamente quando Jesus Cristo voltará, a não ser o Pai Celeste, conforme Mateus 24:36, mas teremos que esperar pacientemente, fervorosos e com temor no coração, no mínimo sete anos que é comprimento total da 70ª  semana de Daniel.

Fique firme, vai doer um pouco, mas vai dar certo. Lembre-se: "Sê fiel até a morte, e dar-te-ei a coroa da vida" (Apocalipse 2:10); são as palavras do seu Redentor que vive!

Escrito e publicado aqui por Éber Stevão

Nenhum comentário:

Postar um comentário