quinta-feira, 3 de novembro de 2011

"E DESARRAIGAR-TE-Á DA TUA HABITAÇÃO; E DESARRAIGAR-TE-Á DA TERRA DOS VIVENTES" - UMA PROFECIA BÍBLICA FEITA ÀS IGREJAS E AOS FALSOS PASTORES - PARTE I

             Escutei essa semana em rádios evangélicas daqui de Curitiba os seguintes temas: 1) "Igreja do Milagre, um milagre sempre pertinho de você!" Blasfêmia maior impossível!;
2) Uma música que dizia assim: "Usa-me para conduzir a tua arca entre as nações". Não seria "Ide por todo o mundo e pregai o evangelho..." que foi o que Jesus nos comissionou?
3) "Valor e competência, o código do líder". Será que não seria melhor escrever um livro com o título: "O líder cheio do Espírito Santo para levar o Evangelho de Jesus Cristo aos perdidos, alquebrados e famintos"? 
            Vamos ler Atos 20:29-30: "Eu sei que depois da minha partida entrarão no meio de vós lobos cruéis que não pouparão rebanho, e que dentre vós mesmos se levantarão homens, falando coisas perversas para atrair os discípulos após si."
            Desde os primórdios da Igreja de Jesus Cristo, o Espírito Santo já havia revelado ao apóstolo Paulo que tudo o que estamos vendo com relação à Igreja Evangélica, dia após dia, iria acontecer, era apenas uma questão de tempo. Paulo tinha uma noção muito clara que lobos selvagens viriam atacar o rebanho de Cristo para atrair a si mesmos pessoas, para fazerem delas discípulos ou prosélitos.
            Em I Coríntios 1:10-15, novamente Paulo diz assim: "Rogo-vos, porém, irmãos, pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que digais todos uma mesma coisa, e que não haja entre vós dissensões; antes sejais unidos em um mesmo pensamento e em um mesmo parecer. Porque a respeito de vós, irmãos meus, me foi comunicado pelos da família de Cloé que há contendas entre vós. Quero dizer com isto, que cada um de vós diz: Eu sou de Paulo, e eu de Apolo, e eu de Cefas, e eu de Cristo. Está Cristo dividido? foi Paulo crucificado por vós? ou fostes vós batizados em nome de Paulo? Dou graças a Deus, porque a nenhum de vós batizei, senão a Crispo e a Gaio, Para que ninguém diga que fostes batizados em meu nome."
            Entenda uma coisa, esse é o plano do inimigo e tem sido o plano dele desde o princípio, que os filhos de satanás fossem plantados e mascarados como líderes no meio da Igreja, atuando como se fossem servos da justiça, mas que seriam, na verdade, servos do maligno, como está escrito em II Coríntios 11:14-15: "E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz. Não é muito, pois, que os seus ministros se transfigurem em ministros da justiça; o fim dos quais será conforme as suas obras."
            Qual é o verdadeiro propósito desses servos? É atrair para fora do Reino de Jesus Cristo os discípulos do Mestre e levá-los para o seu próprio reino humano, carnal e finito. Ou seja, é atrair para si mesmos seguidores, discípulos que defendam com unhas e dentes seus ministérios, sendo cegados, vendo somente seus líderes, os bajulem e até os louvem.
            O apóstolo Paulo deixa bem claro aqui que qualquer servo da justiça não tem nenhum ou qualquer interesse em ter alguém dividido no meio do corpo de Cristo ou que siga seus próprios ensinamentos. Eles sabem que se ensinarem tudo aquilo que Jesus Cristo nos ensinou não há necessidade de divisões. Compreenda que se há algum assunto pelo qual possamos nos dividir e não concordemos não está de acordo com a profundidade do ensinamento de Jesus explícito em Mateus 22:37-40: "E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. Este é o primeiro e grande mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas."
            Este é o princípio do Reino de Deus, que nós temos que entregar nossa vida pelos nossos irmãos e irmãs, conforme está em I João 3:16: "Conhecemos o amor nisto: que ele deu a sua vida por nós, e nós devemos dar a vida pelos irmãos." Não seremos conhecidos como servos de Deus por causa da doutrina que estamos ensinando.
            Um servo da retidão e justiça sempre aponta para a glória de Jesus, para os ensinamentos do Mestre, crendo que o Espírito Santo é Aquele que vai unir o corpo e fazer dele um só. Se não fosse assim, Paulo não teria escrito que: "Pois, quem é Paulo, e quem é Apolo, senão ministros pelos quais crestes, e conforme o que o Senhor deu a cada um? Eu plantei, Apolo regou; mas Deus deu o crescimento. Por isso, nem o que planta é alguma coisa, nem o que rega, mas Deus, que dá o crescimento." (1 Coríntios 3:5-7) Ele crê que não é seu trabalho julgar entre o trigo e o joio, entre um membro e outro, afirmando que um é mais importante para o corpo do que o outro, porque sobre isso já fomos orientados em I Coríntios 4:5: "Portanto, nada julgueis antes de tempo, até que o Senhor venha, o qual também trará à luz as coisas ocultas das trevas, e manifestará os desígnios dos corações; e então cada um receberá de Deus o louvor." 
            Você pastor/líder que acredita que é o único que vai purificar a Noiva de Cristo através da única doutrina certa, separando você e sua igreja do restante da cristandade e das outras denominações, Deus está lhe dizendo hoje que isso não é correto.

Será continuado.

Escrito e publicado aqui por Éber Stevão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário