terça-feira, 5 de julho de 2011

NOVA VERSÃO DA BÍBLIA NA LÍNGUA INGLESA FOI REJEITADA PELA CONVENÇÃO BATISTA DO SUL DOS EUA!

A posição dos Batistas do Sul dos EUA (CBS) foi de coragem e, sem dúvida, precisa ser enaltecida, apesar de terem apenas registrado o que nos exorta a própria Palavra de Deus; de que ela não pode ser alterada. Deus não precisa ser defendido, mas a Palavra dele precisa ser guardada integralmente pelo seu povo. É importante lembrar que Jesus Cristo aceitou integralmente a Bíblia Hebraica, o Velho Testamento, afirmando que nenhum jota ou til passariam da Lei. Já, o Apocalipse, que condensa o Novo Testamento, é a própria revelação de Jesus Cristo para ser mostrada aos seus servos e servas. Veja abaixo a tradução do texto publicado no The Christian Post acerca da Nova Versão (Tradução) Internacional da Bíblia em Inglês: http://www.christianpost.com/news/so-baptists-reject-2011-niv-bible-51288/ 



Nota de esclarecimento
O termo em inglês "gender" que aparece no texto várias vezes, e que quer dizer espécie, fica aqui mais correto se traduzido como gênero (masculino ou feminino). Há alguns anos empregava-se na escrita o termo "sexo" para se definir se homem ou mulher. Depois foi alterado para gênero e, atualmente, nos termos técnicos, a palavra "sexo" voltou a ser empregada mais corretamente.

Os Batistas do Sul anunciaram recentemente sua rejeição à nova Bíblia NVI (Nova Versão Internacional) em sua convenção anual em Phoenix, Arizona - EUA, dizendo que não poderiam recomendar a tradução e a seu uso de uma linguagem neutra com relação ao gênero (masculino e feminino).

A resolução apresentada pelo autor Tim Overton de Muncie, Indiana - EUA, passou por pelo menos em uma margem de 2 para 1 e recebeu apenas um punhado de votos contrários, divulgou a Imprensa Batista.

"Os Batistas do Sul têm afirmado repetidamente o seu compromisso com a inspiração e autoridade das Escrituras", afirma a resolução. "Essa tradução altera o significado de centenas de versos, mais significativamente, apagando os detalhes específicas com relação ao gênero que aparecem na língua original."

Expressando um "profundo desapontamento" com Biblica e Zondervan Publishing House, que imprimiu 1,9 milhões de cópias de primeira mão dessa Bíblia atualizada, a CBS (Convenção Batista do Sul) "respeitosamente [pediu]" que as Livrarias Lifeway não vendessem a nova versão em suas lojas e encorajou aos pastores que informassem as suas congregações sobre os erros de tradução.

"Nós não podemos recomendar a NVI 2011 para os Batistas do Sul ou para a ampla comunidade Cristã", concluiu a resolução.

Críticas sobre essa atualização foram sempre grandes desde o seu início, com adversários como o Conselho Bíblico sobre a Masculinidade e Feminilidade (CBMF) - que apoiam uma visão complementar da masculinidade e feminilidade – que encontrou mais de 3.600 problemas relacionados com o gênero nessa nova versão.

Embora o CBMF tenha encontrado algumas melhorias significativas na atualização e elogiou a abertura e transparência do processo de tradução, grandes erros são evidentes e por isso não pode recomendar a NVI 2011 como uma tradução suficientemente confiável para a língua Inglesa.



Problemas também surgiram porque a atualizada Bíblia na NVI deveria substituir completamente a tradução atual da Bíblia NVI, sem oferecer a edição de 1984 ao lado dela.

"Isso é tão importante quanto pode ser", disse Overton, de acordo com a Imprensa Batista Associada. "Esta é a palavra de Deus. A tradução do best-seller que é a Bíblia nos Estados Unidos é agora neutra quanto ao gênero."



"Como Batistas do Sul, eu não acho que temos o luxo de não falar sobre essa importante questão. As pessoas estão comprando essa tradução sem saber o que está acontecendo. Somos a âncora do mundo evangélico."

A revisão de 2011 é a primeira mudança que ocorreu em 25 anos, uma vez que a tradução de 1997 não foi atualizada por causa do uso dessa linguagem neutra quanto ao gênero.

Uma tradução atualizada para a língua Inglesa chamada Nova Versão Internacional de Hoje (NVIH) foi lançada na íntegra em 2005 e depois interrompida pela Zondervan devido o inclusivismo do gênero, fomentando polêmica e duras críticas da CBMF e de conservadores.



A CBS escreveu que 75% da linguagem imprecisa acerca do gênero encontrada na NVIH foi também mantida na NVI 2011.


"Nossas decisões sobre o gênero foram feitas com base em uma pesquisa muito cuidadosa e significativa", afirmou Douglas Moo, presidente da Comissão de Tradução da Bíblia que traduziu a NVI 2011, à imprensa Batista.


O comitê se reúne anualmente para analisar mudanças na Bíblia NVI e foi abordado em 2009 pela Zondervan e Biblica sobre uma nova tradução.

"As decisões que fizemos sobre o gênero não têm a motivação de ofender as pessoas. A motivação, ao contrário, é comunicar claramente às pessoas o que pensamos, sem dúvida, seja o Inglês contemporâneo".



Mlive também relatou o que Moo disse: "Cerca de 95% das palavras são as mesmas. Por um lado, procurou-se manter a continuidade porque a primeira tradução ficou muito boa. Mas havia uma série de mudanças no idioma Inglês que precisavam ser refletidas também. "


Randy Stinson, presidente da CBMF, observou à Imprensa Batista: "Nossa principal preocupação é que, em centenas de lugares, o que significa na Bíblia é corrompida por causa das decisões dos tradutores para remover palavras como ele, seu, pai, irmão, filho e homem. A Palavra de Deus é o produto de sua infinita sabedoria e todos os detalhes do significado estão lá para um propósito."

"Nossa preocupação principal é sobre a autoridade das Escrituras e não sobre a forma específica de como achamos que tudo deve ser deve ser traduzido."



Moo encorajou aos cristãos a olharem por conta própria o novo texto, ao invés de apenas dependerem de uma análise ou crítica que estão fazendo à nova tradução.


"Seja qual forem as decisões que tomarmos, alguns cristãos evangélicos ficarão infelizes", Moo expressou à Dash House. "O que nós esperamos é que, mesmo se as pessoas discordarem das decisões que tomamos, eles devem reconhecem que as fizemos com integridade, fazendo o nosso melhor para colocar a imutável Palavra de Deus na linguagem que as pessoas estão falando hoje."

Traduzido e publicado aqui por Éber Stevão









Um comentário:

  1. A versão 2011 da NVI americana ficou com várias versículos que dificilmente alguem sem apoio de outra bíblia entenderá em sua plenitude.

    ResponderExcluir