quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

O CAMINHO ESTREITO QUE CONDUZ AO CÉU

Depois de algum tempo como seguidor de Jesus Cristo, aprende-se que para viver por Ele é necessário humilhar-se. Não é a vida mais fácil de ser vivida e tampouco tranquila é a estrada. Mas andar por esse caminho escolhido por poucos é muito mais gratificante a longo prazo.


Há momentos em que nós somos perseguidos por nossa fé, derrubados, aviltados, abandonados por nossos familiares, esposo(a) e em muitas circunstâncias agredidos moralmente, mas ainda caminhamos com Cristo. E por causa disso alguns perguntam: Por que então andar por esse caminho e sofrer?

A verdade é que o nosso Pai Celeste nos amou de forma tão intensa que enviou seu único Filho para morrer na cruz do calvário, a fim de expiar nossos pecados.

Talvez o mais humilhante para o ser humano seja o saber que erraremos o alvo, não importa o quão duro trabalhemos e o quão bem nós andemos por essa estrada. É a graça remidora de Jesus que faz tudo por nós. Uma vez que aprendemos a ficar em paz com esse conceito e não mais lutamos contra ele (tentamos de todas as formas mostrar nossa podre santidade a Deus para sermos merecedores de algo), fica fácil compreender que a estrada menos percorrida é, na verdade, a estrada mais gratificante para se tomar como caminho.

Por que essa é a estrada menos percorrida?

Em Mateus 7:13-14 diz assim: “Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem.”

Caminhar com Jesus não nos garante uma vida perfeita. De forma alguma significa que vamos ter o carro mais possante e bonito, a maior casa ou mais amigos. Nada disso importa. O que o Senhor, eventualmente, tenta ensinar-nos é que ter salvação eterna é a maior bênção que é dada livremente para aqueles que creem nEle como Senhor e Salvador pessoal.

Entrar pela porta estreita significa tomar a estrada menos viajada. Como o mundo vai contra o cristianismo e aqueles que creem em Jesus Cristo, nós precisamos caminhar por esse caminho que muitos não estão dispostos nele andar. Quem mais vai fazer isso se não nós mesmos? Não podemos esperar que o mundo se arrependa dos seus pecados – precisamos ser pescadores de homens! Temos de salvar almas. Precisamos de pregar o Evangelho de Jesus Cristo!

Em João 10:1-5 diz assim: “Em verdade, em verdade vos digo: quem não entra pela porta no aprisco das ovelhas, mas sobe por outra parte, esse é ladrão e salteador. Mas o que entra pela porta é o pastor das ovelhas. A este o porteiro abre; e as ovelhas ouvem a sua voz; e ele chama pelo nome as suas ovelhas, e as conduz para fora. Depois de conduzir para fora todas as que lhe pertencem, vai adiante delas, e as ovelhas o seguem, porque conhecem a sua voz; mas de modo algum seguirão o estranho, antes fugirão dele, porque não conhecem a voz dos estranhos.”

Muitos querem viver uma vida cristã medíocre, uma vida onde a Bíblia é deixada de lado e só desempoeirada aos domingos. Esse é exatamente o princípio que Jesus estava tentando mostrar aos fariseus. Nós não podemos lançar mão da nossa fé somente quando os dias estão difíceis. Temos de ouvir a Deus, ouvir o que Ele nos está dizendo para que permaneçamos na trilha certa. Temos de ser as ovelhas que seguem o Pastor. Jesus é o bom Pastor e nós, rebanho do seu pasto. Para que possamos conhecer a voz de Jesus, devemos estar em comunhão e conversar com Ele constantemente, sempre à procura da sua vontade para as nossas vidas, buscando-O com um coração sincero e também buscando uma vida cheia do Espírito Santo que todos nós, os cristãos, desejamos.

Já em João 10:6-10 está escrito: “Jesus propôs-lhes esta parábola, mas eles não entenderam o que era que lhes dizia. Tornou, pois, Jesus a dizer-lhes: Em verdade, em verdade vos digo: eu sou a porta das ovelhas. Todos quantos vieram antes de mim são ladrões e salteadores; mas as ovelhas não os ouviram. Eu sou a porta; se alguém entrar a casa; o filho fica entrará e sairá, e achará pastagens. O ladrão não vem senão para roubar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância.”

Jesus é a porta para o Reino de Deus. Nós não podemos entrar no Reino de Deus por nós mesmos, pelos nossos feitos ou sem Jesus porque somos nascidos da carne. Nosso lado carnal não nos permite viver sem pecados. Graças ao Pai Celeste maravilhoso que temos, Ele se dispos a entregar seu Filho por causa da humanidade. Nossa alma significa muito mais para Ele do que para nós mesmos, creia nisso! Embora nós não sejamos perfeitos, somos justificados.

O inimigo sempre à espreita está e ele busca roubar, matar e destruir nossas almas. Pelo motivo de querer que nossas almas morram junto com ele, o inimigo intentará tudo o que for necessário para garantir que esse caminho de morte seja também a nossa estrada. Nossos pecados nos levam para longe de Deus e de todas as obras que Ele está executando em nossas vidas.

Irmãos e irmãs em Cristo, temos que entrar pela porta estreita e devemos segui-Lo. No decorrer da semana, do mês, deste ano, cada um deverá perguntar a si mesmo: “Quanto estou servindo a Deus?". Quantas vezes eu oro e escuto a Ele?”. Com que frequência eu me submeto a Deus?”. “Com que frequência eu agradeço a Deus?”. “Com que frequência eu nego o meu amor por Jesus?”

Na sequência, em João 10:11-13, Jesus fala assim: “Eu sou o bom pastor; o bom pastor dá a sua vida pelas ovelhas. Mas o que é mercenário, e não pastor, de quem não são as ovelhas, vendo vir o lobo, deixa as ovelhas e foge; e o lobo as arrebata e dispersa.”

Ora, o mercenário foge porque é mercenário e não se preocupa com as ovelhas. Mas Jesus entregou sua vida por nós como bom Pastor, não se importando com a sua própria dor e seu sofrimento. Verdadeiramente Ele, voluntariamente, se entregou em nosso lugar. Ele permitiu que a Escritura fosse cumprida, sabendo muito bem que depois o lobo atacaria suas ovelhas. Mas Ele não teve e não tem medo do lobo das nossas almas, pois Ele, JESUS CRISTO, obteve a vitória. Ele não é uma mão qualquer que foi contratada por Deus para nos auxiliar, Ele é a própria mão direita de Deus em nós!

Irmãos cristãos, não tenham medo quando o lobo vir, creiam em Jesus como o bom Pastor, pois eu tenho por certo que Jesus lutará cada batalha por vocês e assistirão suas vitórias em cada uma dessas batalhas.

Caso você ainda não tenha aceito a Jesus Cristo como seu Salvador, peço que fale com Ele desta maneira:
Senhor Jesus, aqui estou, um(a) pecador(a) solitário(a), vivendo neste mundo caótico. Minha oração, Senhor, é que eu gostaria de tu enchesses meu coração. Livra-me Senhor e lava os meus pecados. Senhor, eu reconheço que tu és o Filho de Deus e vieste para me resgatar dos meus vis pecados. Hoje entendo que tu morrreste na Cruz no Calvário, ressuscitou e subiu para a direita do Pai Celeste. Senhor, ajuda-me a confiar em ti, deixe-me viver para ti e enche-me com o teu Santo Espírito Santo. Amém e amém.

Escrito e publicado aqui por Éber Stevão

Nenhum comentário:

Postar um comentário