segunda-feira, 26 de julho de 2010

A HERESIA DO ARREBATAMENTO PRÉ TRIBULAÇÃO

Jesus disse: "Mas à meia-noite ouviu-se um clamor: Aí vem o esposo, saí-lhe ao encontro." Isso está escrito em Mateus 25:3.

Sei que Deus me levantou como um atalaia da última hora a fim de alertar o povo de Deus que a volta do seu Filho Unigênito (e não único) está próxima. Porém, biblicamente o anticristo há de vir antes. O triste? É que a igreja evangélica, na sua quase totalidade, não está ligando para isso. Raramente se ouve um pastor pregar “Maranata, ora vem Senhor Jesus”. Pelo contrário, ouve-se: “Aguenta firme Jesus, não vem agora não, que a minha igreja está crescendo, se multiplicando e meu ministério está ficando muito rico”.

Deus fala a Jeremias: "Também pus atalaias sobre vós, dizendo: Estai atentos ao som da trombeta; mas dizem: não escrutaremos." (Jeremias 6:17)

Infelizmente, por causa dos pastores não pregarem a Palavra de Deus, muitos evangélicos acreditam que a igreja não passará pela grande tribulação. A fim de sabermos o quão firmes estão na Palavra de Deus, é tão simples perguntar: “Se você morrer antes de Jesus voltar, você vai ressuscitar em qual das ressurreições dos mortos, na primeira ou na segunda? A quase totalidade dos crentes vai dizer: “Na primeira, logicamente!”. Esse é o resultado do errôneo ensino do pré-tribulacionismo.

Bom se assim é para ser, como então, segundo Apocalipse 20:4-6, os que serão mortos por não adorarem a besta e rejeitarem a sua marca também ressuscitarão na primeira? Uma vez que é isso que nos ensina Apocalipse 20:4-6? Leia abaixo:
"E vi tronos; e assentaram-se sobre eles, e foi-lhes dado o poder de julgar; e vi as almas daqueles que foram degolados pelo testemunho de Jesus, e pela palavra de Deus, e que não adoraram a besta, nem a sua imagem, e não receberam o sinal em suas testas nem em suas mãos; e viveram, e reinaram com Cristo durante mil anos. Mas os outros mortos não reviveram, até que os mil anos se acabaram. Esta é a primeira ressurreição. Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre estes não tem poder a segunda morte; mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo, e reinarão com ele mil anos."

Pela firme pregação do apóstolo Paulo que diz em I Tessalonicenses 4:17 que a igreja de Cristo Jesus irá ao encontro dEle nas nuvens, e que os mortos em Cristo ressuscitarão, e juntos (não separados), iremos ao encontro do Senhor nos ares, uma vez sabedores que essa é a primeira ressurreição, como é que os servos que serão mortos por não adorarem a imagem da besta e não receberem a sua marca estarão também na primeira ressurreição? Estranho, pois para os pré-tribulacionistas, estes só seriam ressuscitados em uma outra ressurreição que não a primeira? Algo não bate!

Realmente, como diz o irmão André M. dos Santos do Rio de Janeiro, “a idéia absurda do pré-tribulacionismo consiste em que a igreja seria arrebatada invisivelmente no início do reinado do anticristo, e que após três anos e meio retornariam com Cristo, e aí sim os mortos da primeira ressurreição ressuscitariam, entre eles os que morreram por não adorarem a imagem da besta e rejeitarem a sua marca. Mas Paulo deixa claro em 1ª Tessalonicenses 4:17 que a igreja será arrebatada juntamente com os mortos ressuscitados, e que juntos irão ao encontro do Senhor.”

Portanto, vou deixar claro mais uma vez (já escrevi várias vezes aqui no blog), que não é possível separar o Arrebatamento da igreja de Jesus Cristo da Ressurreição dos santos. Essa é a Primeira Ressurreição, conforme nos ensina a Palavra de Deus. Caso o seu pastor esteja ensinando algo diferente disso, diga que ele precisa ler a Palavra de Deus, orar e pedir discernimento ao Espírito Santo de Jesus Cristo. Também, ore por ele e comece você a ensinar corretamente a Palavra de Deus aos seus irmãos em Cristo Jesus.

É isso aí. Está soada a trombeta!

Escrito e publicado aqui por Éber Stevão

Nenhum comentário:

Postar um comentário