sábado, 1 de agosto de 2009

FALSO PROFETA BENNY HINN E OS TEMPLÁRIOS

Já falei sobre Benny Hinn, em mensagens anteriores que podem ser lidas aqui no blog, e as suas falsas profecias e o quanto este homem ilude os que desconhecem a Palavra de Deus. E é impressionante ver no meio evangélico como o povo é iludido, achando que Benny Hinn é um homem de Deus. Ele pode ser qualquer coisa, menos isso. Na verdade, ele é um falso profeta que prega a mentira, o engano, um evangelho que não é o de Jesus Cristo.

Fico com grande temor e um aperto no coração, pois se os evangélicos não conseguem nem mesmo discernir entre Benny Hinn e a verdade bíblica, como escaparão de adorarem e servirem o Anticristo achando que ele será o "cara"?
Aconselho uma coisa, se sua fé ainda é fraca, não leia o texto a seguir, pois pode lhe machucar ou ofender.

Todo o texto abaixo foi retirado do Jesussite e traduzido por Mary Schultze.

"Tendo traduzido (1998) o Comentário Bíblico do Novo Testamento de John Wesley, posso afirmar que ele foi o fundador do Pentecostalismo, no século 18, e posso garantir, também, que se ele voltasse à Terra iria morrer de vergonha ao ver as estripulias que os líderes do baixo-pentecostalismo têm feito, nos últimos 30 anos.

Os homens rãs que têm mergulhado nas profundas águas do ocultismo, atribuindo ao Espírito Santo uma série de fenômenos antibíblicos, são os responsáveis diretos pela apostasia religiosa que está grassando dentro das igrejas malaquianas, onde as emoções, os gestos quase eróticos e a petição de dinheiro são mais visados do que a pregação de verdadeiro evangelho de Cristo, tendo como resultado uma enorme colheita de crentes imbecilizados pela falsa teologia da fé/prosperidade. "Um abismo chama outro abismo" e vamos dar a palavra a Bárbara Aho, para falar do envolvimento de Benny Hinn com os cavaleiros templários, cujo objetivo principal é se apossar de Jerusalém, para ali entronizar o seu governante mundial – o Anticristo. Bárbara indaga:

Por que Benny Hinn está ajudando e endossando os templários a se apossar de Israel? E por que Benny Hinn está trabalhando com as organizações templárias que promovem a ordenação de ministros homossexuais?

A reportagem seguinte confirma a nossa suspeita de que os cavaleiros templários estão liderando a cruzada atual no Oriente Médio, a fim de estabelecer a base para a sua planejada invasão a Israel.

Esses cavaleiros modernos também estão formando uma coalizão religiosa para ludibriar Israel com um falso tratado de paz e a reconstrução do Templo de Salomão, de onde, segundo a Bíblia, o Anticristo governará com uma religião e um governo mundial. A reportagem também revela que o curandeiro pentecostal Benny Hinn está envolvido nessa iniciativa política/religiosa, trabalhando estreitamente com uma organização templária que promove a ordenação de homossexuais. Tudo leva a crer que o apoio de Benny Hinn a essa cruzada dos templários visa "conseguir que os líderes evangélicos dos USA se coloquem a favor do Processo de Paz no Oriente Médio". O líder evangélico atual dos cavaleiros templários no Oriente Médio, Andrew White, declarou, em 13/02/04, que "Benny Hinn me telefonou, enquanto eu estava nos USA, na semana passada, dizendo que desejava me encontrar em breve. Então logo aconteceu estarmos juntos em Dubai, naquele mesmo dia. Isso se deu por causa da nossa necessidade de conseguir que os líderes evangélicos se coloquem a favor do Processo de Paz no Oriente Médio. Encontramo-nos no seu hotel para o café da manhã de quinta feira. Ele me explicou ter conseguido muitas informações sobre o nosso trabalho e que desejava apoiá-lo. Disse ainda que virá a Israel para estar conosco na ASAP. Tanto os israelenses como os palestinos estão muito entusiasmados em que ele venha, juntamente com o Processo de Alexandria".

Então, Benny Hinn está participando do enganoso processo de paz, que levará os judeus à aceitação de um falso cristo, o qual vai expulsá-los da Terra Santa, que se transformará no quartel general do chamado Anticristo, que ali vai colocar a abominação da desolação (Mateus 24:15-16), proclamando-se como Deus (2 Tessalonicenses 3:4): "Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição, o qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus".

Os cristãos evangélicos permanecem estranhamente ignorantes das profecias dos últimos dias, contribuindo com o seu apoio ao programa do Anticristo, entregando milhões de dólares em doações a ministérios como o de Benny Hinn, dólares que serão gastos na reconstrução do Templo Maçônico de Salomão.

Uma organização templária anglicana, sob a liderança dos jesuítas, com a qual Benny Hinn coopera, promove a reconciliação cristã com os homossexuais e a ordenação de homossexuais como ministros, padres e bispos. Os cavaleiros templários formaram a poderosa ordem medieval, da qual se originou a Franco-Maçonaria. Eles afirmam estar trabalhando pela restauração dos valores tradicionais. Contudo a evidência histórica dá um testemunho diferente quanto aos valores morais dos templários. O Dr. Cathy Burns, em seu livro "Hidden Secrets of the Eastern Star" (Segredos Ocultos da Estrela do Oriente), escreveu sobre a vida devassa dos templários medievais:

"No livro intitulado 'The Guilt of the Templars' (A Culpa dos Templários), fomos informados que as confissões dos cavaleiros templários os apresentam com sendo uma ordem basicamente de degenerados guerreiros homossexuais... Outras acusações são as de que os cavaleiros templários participavam da magia negra e da pederastia... praticavam o falicismo ou adoração sexual, o satanismo e a veneração a Baphomet, o ídolo dos luciferianos. O crime de sodomia era um ritual de iniciação templária." (p. 104).

Documentação referente à colaboração de Benny Hinn com a organização do Anticristo, a qual tem ligações com os jesuítas e a ONU, foram compiladas por Dennis Rhodes. (bho@watch-unto-prayer.org.http://watch-unto-prayr.org).

Agora vamos passar às declarações de Dennis Rodes:

Benny Hinn: Agente dos Cavaleiros Templários

Canon Andrew White é o ministro sênior do "World Faith Development Dialogue", cujo objetivo é reunir as três fés no Oriente Médio. Em seu show de TV, "This is Your Day" (Este é o Seu Dia) Benny Hinn teve Canon White como seu convidado (04/05/2004). Hinn afirmou várias vezes, diante das câmeras, à sua audiência no estúdio: "Este é um homem do povo de Deus, cheio do Espírito" . Hinn comentou que é admirável como Deus colocou White no Oriente Médio com todas as suas conexões... ele disse ter encontrado White, antes, no Aeroporto de Dubai, e havia desejado tê-lo em seu show. Quando vocês lerem sobre o envolvimento de Andrew White com Hinn, vão ver que o caso é bem diferente. Diz White:

"Benny me telefonou, enquanto eu estava nos USA, na semana passada, dizendo que desejava me encontrar em breve. Então logo aconteceu estarmos juntos em Dubai, naquele mesmo dia. Isso se deu por causa da nossa necessidade de conseguir que os líderes evangélicos se coloquem a favor do Processo de Paz no Oriente Médio."

Tanto White como Hinn têm "uma necessidade de colocar os evangélicos dos USA a seu favor"... DAÍ POR QUE BENNY HINN O CONVIDOU PARA O SEU SHOW. Ele está apresentando White como UM HOMEM DE DEUS e, assim imagino, ele deseja conseguir que os evangélicos americanos acreditem nisso. Será que Benny Hinn se junta a qualquer ministério, sem antes pesquisá-lo?

Por que White não é um homem de Deus?

* Ele não vê nada de errado em que se aceite a ordenação do bispo homossexual - Robinson.

* White também está envolvido com o Dr. George Carey e com Diamond, no Oriente Médio, a fim de conseguir a chamada Reconciliação (outro termo usado para a reunião das religiões) entre as três religiões monoteístas.

* O coral da igreja de White fez um culto de adoração em um show do "Knightgraphs: Iraq Photo Journal", tendo White desempenhado o papel principal com os cavaleiros templários, na conquista do processo de paz no Iraque e no Oriente Médio.

O homem da Comunidade "Cross of Nails" nos USA, James Diamond, falou: "Vou me juntar a Canon Andrew White e a Lord Carey (ex-arcebispo de Canterburry) em Jerusalém, no final desta semana, para reforçar o processo de Paz de Alexandria (Abril 2004). O declarado auxílio do Banco Mundial e da ONU é que haja dialogo entre as três fés monoteístas no Oriente Médio."

Isso vai conduzir à falsa paz de que falam as Escrituras, conforme 1 Tesalonicenses 5:3: "Pois que, quando disserem: Há paz e segurança, então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida, e de modo nenhum escaparão".

O que eles têm usado não são apenas palavras, mas palavras que conduzem à ação. Estão promovendo a ilusão de que os muçulmanos, os judeus e os cristãos irão todos adorar o mesmo Deus. Existe uma promoção contínua no sentido de que sejam esquecidas as diferenças, para que todos se unam.

Estes dois sites são acessados através do site de Lord Carey, do qual White faz parte, em "Faith and Development".

"Diálogo - compreende uma boa vontade para escutar e aprender, e ser transformado pela troca."

"...Tem sido gradualmente reconhecido que a comunidade religiosa pode desempenhar um papel vital na construção de pontes, contribuindo para a mudança e a continuidade entre as comunidades e para conduzir os desafios de um hodierno desenvolvimento central. Agraves do diálogo e do compromisso, muitos têm chegado a ver que as instituições religiosas e os seus agentes têm uma contribuição importante a fazer nos debates cristãos sobre a ampla agenda global para o novo milênio".

Os globalistas e os Illuminati chegaram à conclusão de que podem usar a religião para alcançar os seus objetivos. Hinn é exatamente um "agente" nesse processo. O Movimento Ecumênico está conseguindo espaço para que os pentecostais entrem nesse processo, através do envolvimento direto de Benny Hinn.

"Embora muitas sociedades tenham seguido o modelo onde houve uma separação entre "igreja" e "estado"... Os eventos de hoje e os desafios apresentam novas questões sobre essas divisões e separações, clamando por uma nova série..." A partir desta declaração do Banco Mundial, podemos ver que a sua agenda é juntar o estado e a religião, através do diálogo destinado a trazer transformação e mudança. Sabemos pelas Escrituras que o Anticristo vai liderar um reino religioso com uma falsa igreja prostituta governando a besta política [nos moldes da Era das Trevas].

Esse diálogo do Banco Mundial tem Carey, White e Diamond e agora, também, possivelmente, Benny Hinn envolvidos
- Para formar a igreja prostituta no Oriente Médio "Mr. Wolfensohn acredita que o 11/09/2001 bem pode ter sido o início de um importante e enganoso paradigma no sentido de se pensar sobre os laços entre a globalização, relações internacionais e religião", a partir do site do Banco Mundial. Pois a declaração acima mostra exatamente o que está acontecendo. É o engano que eles têm sempre planejado: "Vamos esquecer nossas diferenças e nos unir numa grande família", "uma fraternidade humana".

Hoje recebi um vídeo dos USA embrulhado num jornal. Era o "The State", da Carolina do Sul, datado de 25/05/04, contendo o discurso de Bush, pronunciado no "Army War College", que dizia:

"Acreditamos que quando a todo o povo do Oriente Médio for permitido, finalmente, viver, pensar, trabalhar e adorar, como homens e mulheres livres, eles irão se voltar para a grandeza da sua própria herança. E quando esse dia chegar, a amargura e os ódios inflamados que alimentam o terrorismo irão diminuir e desaparecer" (P. A-5). [Tudo indica que Bush nunca leu os livros de Daniel e Apocalipse!!!]

Lendo nas entrelinhas o que a administração está falando, acho que eles querem libertar completamente todos os povos do Oriente Médio. O Iraque é o seu ponto de partida em toda a região. E para que? Para levar a chamada "democracia" a TODOS os povos do Oriente Médio.

Os templários e os franco-maçons querem Jerusalém. O Anticristo (Satanás) também a deseja. A ONU foi estabelecida exatamente para esse fim. Andrew White tem reuniões com a cúpula do Pentágono e está tratando ativamente de conseguir os líderes evangélicos para a sua agenda em favor da "paz e segurança" no Oriente Médio. É incrível que um desses líderes seja o Tim La Hay, o qual usou a "Rosy Cross" dos cavaleiros templários em seu outro...

O elo seguinte explica o que é a Comunidade Cross of Nails, do ponto de vista de um membro.

Capela Central da Cross of Nails - O presidente da Comunidade Cross of Nails nos USA é James Diamond:

"Diamond concluiu o culto de comissão: ‘Seremos guiados na viagem de reconciliação pela oração e hospitalidade, conforme inspirado pela Regra de Benedito?’ A resposta da congregação ressoou pela imensa catedral: ´Fa-lo-emos, com a ajuda de Deus!’

As regras de São Benedito, no século VI para um modo de vida, são o coração do programa da comunidade Cross of Nails, em São Marcos, e em outros 240 centros localizados em 60 países. No centro do programa estão ‘hospitalidade e reconciliação’, o qual se compõe de pequenos grupos que se reúnem mensalmente, a fim de chegarem ao Caminho Beneditino. Mais de 100 pessoas de S. Marcos estão sempre participando dessa jornada de profunda reconciliação e mais pessoas a ela se ajuntam todo mês".

[Os mosteiros eram e continuam sendo frentes de infiltração merovingiana dentro da igreja, Vejam: o primeiro bispo da igreja cristã de hoje, um gay assumido, causou controvérsia. Esse Bispo Robinson também vai ser o pregador em S. Marcos, no dia 20/06/04. ]

O presidente da Cross of Nails nos USA consente na ordenação de um homossexual - desligado do Ministério de Reconciliação do Reverendo Diamond - a "Christ Church Cathedral". [Pensei que somente os que eram de Cristo faziam parte dessa família].

Tudo isso está ligado a Andrew White e agora a Benny Hinn, promovendo a ordenação homossexual
- "Simrill disse à congregação: ‘ se fosse solicitado a ajudar, não existe outro item, além deste, que se possa mostrar’"

Em 18 e 19 de junho, São Marcos vai hospedar uma conferência nacional patrocinada pela Cross of Nails, intitulada "Reconciliação e Sexualidade: Jovens, Família e Filhos".

Na conferência homossexual, um bispo episcopal falou: "Nada se resolve através da proibição", disse Johnson. "Esta conferência é uma oportunidade dada por Deus, para se escutar e compartilhar mutuamente. Qualquer que seja o resultado, estes passos são necessários, se quisermos permanecer em contato, viver na esperança e esforçar-nos pela fidelidade. Reunidos em o nome de Cristo, temos a certeza de sua presença entre nós. Oro para que escutemos e obedeçamos a sua voz".

O próprio Rev. James A. Diamond, deão da Igreja Catedral de Cristo, Cincinnati, Ohio, e presidente da Comunidade Cross of Nails, nos USA, registra que a conferência tem sido planejada há dois anos e antecipa as ações da Convenção Geral da Igreja Episcopal, a qual impulsiona o item da sexualidade para o centro das atenções.

"A Comunidade Cross of Nails nos USA dedica-se a projetos de reconciliação internacional e doméstica. Ao item da orientação sexual como um dos três projetos para os próximos quatro anos. Ensinar as artes da reconciliação é um dos objetivos da CCN (Comunidade Cross of Nails) especialmente no que se refere à orientação sexual, a qual tem sido um potencial divisor entre as várias denominações protestantes", disse Diamond.

"A Catedral de S. Marcos, através da hospedagem de reuniões históricas, tais como o Congresso Anglicano Mundial, em 1954, e o Fórum dos Bispos Presidentes sobre a Reconciliação Global, em 2004, tem proporcionado os maiores dons eclesiásticos de hospitalidade e cura", falou Simrill. "É nossa fervorosa esperança que possamos proporcionar um dom idêntico, neste verão".

Considerando que Benny Hinn "tem ouvido falar muito de nossa obra e deseja apoiá-la", não é de admirar que ele apóie também as suas inclinações a favor dos gays?

Citações do sermão do presidente da Comunidade Cross of Nails nos USA, James A Diamond:

"A Comunidade Cross of Nails nos USA focaliza a reconciliação doméstica. O escritório da CCN - USA selecionou três prioridades para o próximo triênio: reconciliação racial, reconciliação entre fés e a necessária orientação sexual. O escopo destas três áreas de reconciliação doméstica permite que indivíduos e congregações participem dos comitês nacionais por e-mail, bem com do plano nacional dos três grupos, nos próximos dezoito meses".

Publicado aqui por Éber Stevão

Nenhum comentário:

Postar um comentário