segunda-feira, 22 de junho de 2009

ALERTA: JIM BAKKER RETORNA CONDENANDO O PRÓPRIO FALSO EVANGELHO QUE CRIOU: O EVANGELHO DA PROSPERIDADE - PARTE I

Se você nunca teve a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre os atuais pregadores do “evangelho” - televangelistas - nos Estados Unidos da América do Norte (EUA), talvez não compreenda a importância e a profundidade dessa mensagem. Mas mesmo assim, peço a você que leia séria e pacientemente este texto, pois é deveras norteador para a Igreja Invisível de Jesus, revelando onde anda a Igreja Professante de Cristo. E que o Espírito Santo de Deus lhe guie a toda a Verdade.

Nessa parte I, vou fazer uma pequena exposição de onde veio Jim Bakker e quem eram seus amigos. Na parte II, vou relatar o que ele, Jim Bakker, está pregando hoje, depois de ter se humilhado, arrependido, renovado sua vida com Cristo Jesus e ter saído da cadeia.

Dois pregadores Norte-Americanos foram os criadores do Evangelho da Prosperidade - aquele evangelho que diz que Deus quer que você seja rico, que Deus quer que você tenha muitos carros, muitas casas, que Deus quer que você seja um empresário milionário, que Deus quer que você tenha em abundância, a tal ponto de não ter onde colocar bens e dinheiro. Uma balela total que não tem nada a ver com o Evangelho de Cristo Jesus. Um deles foi Kenneth Copeland e o outro, Jim Bakker.

Quem nunca ouviu do escândalo causado pelo ministério do pregador Jim Bakker e sua Igreja PTL nos idos de 1987? Ele tinha um programa de televisão nos EUA e chegou a pedir tanto dinheiro para o povo, que levou muitas famílias e empresários à falência, dizendo que Deus estava os mandando darem dinheiro porque seriam milionários e que Deus pagaria todas as suas dívidas. Interessante é que o pregador Jimmy Swaggart foi um dos que trouxe o escândalo de Jim Bakker à tona e mais tarde o ministério dele também cairia.

Bom, o fim triste da história é que Jim Bakker acabou sendo preso pelo Governo Federal e pela Justiça Norte-Americana devido à sonegação de impostos, falcatruas, 24 contas bancárias fraudulentas, conspiração (por criar e perpetuar um estilo de vida extravagante), escândalo sexual em um motel com a modelo e atriz de filmes pornôs Jessica Hahn (que recebeu na época, 1987, US$ 279.000,00 para se calar, mas não o fez), etc. e foi direto para a cadeia, onde passou cinco anos em confinamento, apenas limpando banheiros.

No início dos anos 70, Jim Bakker trabalhando na televisão para um pregador chamado Pat Robertson, montou o Clube 700. Não demorou muito e ele saiu, em 1972, deixando para Pat Robertson continuar o trabalho. No mesmo ano Jim Bakker e sua esposa Tammy Bakker, montaram um programa televisivo chamado Clube PTL (cujas letras significavam Praise The Lord – Louvado seja o Senhor ou People that Love – Pessoas que Amam).

Esse mesmo Jim Bakker e sua esposa Tammy Faye Bakker ajudaram a fundar a TBN - Trinity Broadcasting Network – em 1973, dando orientações aos pastores donos da rede, Paul Crouch e sua extravagante esposa Jan Crouch, de como levantar milhões de dólares à custa das, assim por eles compreendidos, “burras” ovelhas de Jesus Cristo.

Seus seguidores atuais que continuam na televisão nos EUA - especificamente na TBN - são: Benny Hinn, Joyce Meyer, Creflo Dollar, John Hagee, Oral Roberts, Robert Schüller, Paula e Randy White (hoje divorciada e que teve um caso com o pastor T.D. Jakes), Eddie Long, T.D. Jakes, entre vários outros. Esses homens e mulheres são conhecidos por terem IMPÉRIOS evangélicos, jatos, limusines, mas que apenas servem para seus próprios umbigos; são amantes dos deleites e prazeres dos bens materiais. Tudo igualzinho, igualzinho ao criador de tudo, Jim Bakker. TODOS, atualmente, estão sob investigação do Senado Norte-Americano, sob o comando do senador Charles Grassley.

Veja abaixo, algumas das mensagens pregadas na TBN. Citarei abaixo apenas três delas que envolvem John Hagee, Creflo Dollar, Benny Hinn e Myles Munroe.

O pastor milionário John Hagee, aparece dizendo: “Estou honrado em apresentar o meu último livro chamado ‘Em Defesa de Israel’. Mostro nele que as Escrituras provam que o povo judeu, em geral, não rejeitou a Jesus como o Messias. Ele também prova que Jesus não veio ao mundo para ser o Messias. Se Jesus, pela Palavra, recusou a ser o Messias, como os judeus podem ser culpados por rejeitarem o que nunca lhes foi oferecido? Uma brilhante e chocante exposição em Defesa de Israel.”

Curioso é ele ter a coragem de dizer essas coisas para os evangélicos. Pior, se auto gloria chamando seu livro de brilhante. Fico abismado! Primeiro, gostaria de saber o que esse anticristo, chamado John Hagee, fez e faz com João 4:25-26: “Replicou-lhe a mulher: Eu sei que vem o Messias, que se chama o Cristo; quando ele vier há de nos anunciar todas as coisas. Disse-lhe Jesus: Eu o sou, eu que falo contigo.” (Ênfase minha)

Segundo, o texto a seguir, de Mateus, não aparece na Bíblia dele? “E, insistindo o sumo sacerdote, disse-lhe: Conjuro-te pelo Deus vivo que nos digas se tu és o Cristo, o Filho de Deus. Disse-lhe Jesus: Tu o disseste; digo-vos, porém, que vereis em breve o Filho do homem assentado à direita do Poder, e vindo sobre as nuvens do céu.” (Mateus 26:58b-59, ênfase minha).

Terceiro, como ele conseguiu passar por cima das palavras de André? "André, irmão de Simão Pedro, era um daqueles que havia ouvido a João e resolvera seguir a Jesus. Ele falou primeiramente com seu irmão Simão e lhe disse: 'Encontramos o Messias' (que traduzido significa 'o Cristo'). E o levou até Jesus." (João 1:41-42a, ênfase minha).

Quarto, como ele conseguiu, no seu livro, negar as próprias palavras de Deus Pai, proferidas por Pedro e por Jesus citadas em Mateus? "Respondendo Simão Pedro, disse: 'Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo' ". Então Jesus lhe respondeu: 'Bem-aventurado és, Simão, filho de Jonas, porque isto não te foi revelado pela carne ou pelo sangue, mas por meu Pai que está nos céus' " (Mateus 16:17-18, ênfase minha).

Quer saber mais? John Hagee recebeu seu doutorado honorário da Universidade Oral Roberts. Volte um pouco lá para cima e saberá a que grupo Oral Roberts faz parte. John Hagee é a quinta geração de pastores na sua família. Você espera que a apostasia venha do prostíbulo, com o capeta de chifre e tridente atacando o Evangelho de Cristo? Meu querido, minha querida, a apostasia virá de dentro da Igreja Professante de Cristo, não se engane.

O pastor Creflo Dollar (bom, o próprio sobrenome já o denuncia) vai descendo do púlpito em direção à igreja dizendo: “Vocês são pequenos deuses, com “d” minúsculo. Você é deus porque você veio de Deus, e por isso vocês são deuses”.

Benny Hinn entrevistando Myles Munroe, diz: “Nós recebemos a mente de Deus através da sua vontade. Nós oramos e quando oramos, nós damos a Ele o direito legal de executar.” Myles Munroe diz: “Sim. Deixe-me definir o que é oração neste show. Oração é o homem dando a Deus permissão, uma licença para interferir nesta terra. Deus não pode fazer nada nesta Terra, tudo o que Deus pode fazer é devido a um ser humano que lhe dá acesso.” Em seguida Benny Hinn diz: “Então Deus está sempre procurando por esse tipo de pessoa?” Myles Munroe responde: “Ohh, Deus está sempre procurando por um ser humano para lhe dar toda permissão. Veja, então Deus não pode fazer qualquer coisa, Ele só pode fazer o que você lhe autoriza fazer.”

O que lhe parece essa conversa? Para mim, é conversa de dois demônios, o necromancista Benny Hinn - pois até hoje vai ao túmulo da sua orientadora espiritual, Kathryn Kuhlman, para receber orientações - e Myles Munroe, negando o total poder de Deus. Ainda bem que Myles Munroe chama aquilo de show, porque realmente é um show do diabo.

O mais curioso é a crentaiada que foi na cruzada Benny Hinn, que ocorreu em março de 2009 em Porto Alegre. Um número absurdo de gente evangélica foi ver esse falso profeta e endemoniado falar “mansinho” e fazer “curas”. Já fui a um evento dele quando morava em Dallas, Texas, EUA, só para poder hoje afirmar com certeza o que digo. Vi o “pobre coitado” chegar em uma limusine preta enorme. E o padrão de culto sempre se repete. Conversões? ZERO! Pregar a Jesus Cristo como Salvador? ISSO NÃO! Um monte de gente estúpida sempre caindo no chão quando ele sopra. E viva a festa diabólica! Mas, como já disse antes, em outro texto, crente gosta disso mesmo, gosta de apostasia, então tome apostasia na cabeça! E o diabo se diverte.

Só de contar essas coisas cansa e dá nojo, mas você precisa saber disso, pois esse mesmo padrão de pedinça começou no Brasil não faz muito e parece que ainda vai longe até que alguém seja exposto ao escândalo. Se é que nesse país alguma justiça funciona! Mas mesmo que não funcione, a divina nunca falha.

Coloquei um dia inteiro de esforço para lhe ALERTAR, meu irmão, minha irmã. Apenas citei três das pregações anti-bíblicas que foram exibidas há algum tempo, em um universo de apresentadores, do mesmo naipe, que pregam Mamom 24 horas por dia na TBN.

Mas Éber, você não tem medo ou temor de falar desses "homens e mulheres de Deus”? NÃO. Se fossem de Deus, não agiriam como agem e pregariam o Evangelho da Verdade. Mas como não pregam o que está na Palavra de Deus, eu os chamo abertamente de lobos vestidos de cordeiros. O deus deles é Mamom e não é possível servir a dois senhores, disse Jesus Cristo em Mateus 6:24.

Ainda, não tenho medo de chamar a qualquer um deles de anticristo, pois na Palavra está assim escrito: “Quem é o mentiroso, senão aquele que nega que Jesus é o Cristo? É o anticristo esse mesmo que nega o Pai e o Filho.” (I João 2:22)

Baseio-me na PALAVRA DE DEUS e não em mim mesmo ou nas minhas convicções, muito menos em homem qualquer ou profeta algum. Não preciso cair espumando para ter uma revelação divina ou falar duas horas em língua estranha, apenas leio a Bíblia, que é Cristo, e peço que o Espírito Santo de Deus a revele para mim. Faça o mesmo e pare de sair atrás de movimentos daqui, movimentos dali. Jesus disse que não estaria neles e nos orientou "não saiais". Leia Mateus 24:4-5, 24-26.

Desafio-os ou a qualquer outro pastor/líder evangélico no Brasil, que prega a mesma mensagem deles – evangelho da prosperidade - que me chamem publicamente para um desafio, a fim de mostrarem biblicamente o que pregam e eu mostrarei o que a Palavra de Deus diz acerca do Evangelho de Deus e acerca de quem prega a prosperidade.

Estou aqui, espero o convite e desejo que alguém aceite o desafio.

Leia o texto abaixo (aliás, um conselho, leia a Bíblia toda):
“Se alguém ensina alguma outra doutrina, e se não conforma com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, e com a doutrina que é segundo a piedade, É soberbo, e nada sabe, mas delira acerca de questões e contendas de palavras, das quais nascem invejas, porfias, blasfêmias, ruins suspeitas, Contendas de homens corruptos de entendimento, e privados da verdade, cuidando que a piedade seja causa de ganho; aparta-te dos tais. Mas é grande ganho a piedade com contentamento. Porque nada trouxemos para este mundo, e manifesto é que nada podemos levar dele. Tendo, porém, sustento, e com que nos cobrirmos, estejamos com isso contentes. Mas os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína. Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores.” (I Timóteo 6:3-10)

Depois de várias vezes toda a Palavra de Deus, meditar nela, orar, questionar a Deus sobre esse assunto, fui levado pelo Espírito de Deus a uma conclusão: para mim, todos e quaisquer pastores/ líderes que começam a pedir dinheiro, a falar em obrigatoriedade de dízimos e ofertas, a falar muito e ostensivamente sobre dinheiro na sua igreja/comunidade, a dizer que Deus vai matar quem não der dinheiro corretamente para a comunidade, os coloco tudo em um mesmo saco junto com a “corja” dos EUA citada acima. Tudo farinha do mesmo saco; trouxa carregada pelo próprio satanás - trouxa do cão; cãopeta mesmo!

Ao meu entender, são todos gananciosos, mais amantes de si mesmo do que de Deus, arrogantes, exatamente como o apóstolo Paulo falou: “Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te.” (II Timóteo 3:2-5)

É isso no que creio e ponto final.

Alerto às ovelhas de Jesus Cristo que tomem cuidado com esses lobos. AFASTEM-SE DELES! NÃO CONVIVAM COM ELES, NÃO COMPACTUEM COM ELES, NÃO COMAM COM ELES, NEM SE QUER SE AJUNTEM COM ELES! Sigam a orientação clara do apóstolo Paulo.

Os vídeos citados acima podem ser encontrados no link abaixo:

http://www.youtube.com/watch?v=bZEmPKj_EAI&eurl=http%3A%2F%2Fwww%2Etictocministries%2Ecom%2F2009FinalWordTV%2Ehtml&feature=player_embedded

Escrito e publicado aqui por Éber Stevão

2 comentários:

  1. Está certo, mas não precisa desafiar a ninguém.

    Acho este articulo muito útil para muitos que desconhecem dos falsos mestres, porém eles falam o que essas pessoas querem ouvir, pois não são crentes senão aqueles que seguem por causa dos pães e os peixes.

    Pedro Maidana

    ResponderExcluir
  2. Querido irmao Eber,concordo em numero genero e grau com tudo o que postou, esse dito "evangelho da prosperidade" nunca foi o evangelho do Nosso Senhor e Salvador JESUS CRISTO, que nos reconciliou com DEUS PAI atraves do seu sangue, vemos milhoes de pessoas correndo atras de curas, imoveis, prosperidade financeira, sendo que a maior bencao é a salvacao de nossa alma eterna, creio que nosso Pai nos da coisas materiais, saude etc, pois o proprio Senhor Jesus afirmou que se nos que somos maus damos coisas boas aos nossos filhos, quanto mais nosso Pai celestial, Deus é bom, mas o sacrificio do nosso Senhor nao foi para que tivessemos uma mansao ou um carro importado. tambem estou cansado de ver esse tipo de " pregacao" . Que paz do nosso Deus que excede todo o entendimento sejam com todos.

    ResponderExcluir