sexta-feira, 15 de maio de 2009

O MITO DO ARREBATAMENTO PRÉ-TRIBULACIONAL – Parte II

Vimos na parte I uma introdução ao problema acerca de quando o arrebatamento se dará. Nesta parte II, vamos voltar ao texto de Tessalonicenses e passo-a-passo descobrir quando esse evento irá acontecer.

Antes de tudo, ore a Deus Pai, por intermédio de Jesus Cristo, pedindo que o Espírito Santo revele a Sua Palavra a você.

Agora, abra sua bíblia e leia em I Tessalonicenses 4:13-18: “Não quero, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais, como os demais, que não têm esperança. Porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem, Deus os tornará a trazer com ele. Dizemo-vos, pois, isto, pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem. Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor. Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras.”

Qual é o tópico desses versos citados pelo apóstolo Paulo? É sobre os mortos sendo ressuscitados. A ênfase continuadamente é sobre aqueles que dormem (mortos). Portanto, o foco desses versos é naqueles que morreram em Cristo.



Vamos comparar isso com o ensinamento do arrebatamento pré-tribulação que os defensores dessa teoria usam para esse fim no versículo 16. Vamos ler a parte “a” somente que diz assim: “Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus...”

Um dos nomes para o arrebatamento pré-tribulação, baseado nesse mesmo versículo, é o arrebatamento secreto. Deixe-me perguntar francamente: “Soa secreto para você esse arrebatamento da forma que está escrito?” O Senhor vai descer do céu com um “ALARIDO (GRITO), VOZ DE ARCANJO, COM A TROMBETA DE DEUS.”

Alguém vem para você e diz: “Olha, eu tenho um segredo para lhe contar; deixe-me sussurar no seu ouvido...”. E a partir daí essa pessoa começa a gritar, tocar uma trombeta (tuturuturuuuu), para todos ouvirem e saberem e depois dizer “ESSE É O SEGREDO”. Não lhe soa muito segredo, soa?

Mas ainda existe mais uma coisa que esse versículo 16 diz que se refere quando esse evento irá acontecer. Vamos ler a parte “b” do versículo: “...e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro.”

Lembrem-se, esse é o versículo que é usado para promover a visão do arrebatamento pré-tribulação. A questão posta sobre a mesa é esta: “Se os vivos não serão arrebatados até que os MORTOS sejam ressuscitados primeiro, nós precisamos determinar quando Jesus disse que Ele voltaria para ressuscitar os MORTOS”. Isso faz sentido para você? Ou seja, determinar quando Jesus disse que Ele viria para ressuscitar os mortos em Cristo. Assim que nós determinarmos quando isso acontecerá, nós automaticamente determinaremos quando os vivos serão também arrebatados, independente desse verso significar pré ou pós-tribulação.

Bom, então vamos à Bíblia, só a Bíblia e nada mais, sem qualquer outro pensamento pré-concebido, ou teoria de alguém, para ver quando os mortos serão ressuscitados. Por favor abra sua Bíblia em João 6:39: “E a vontade do Pai que me enviou é esta: Que nenhum de todos aqueles que me deu se perca, mas que o ressuscite no último dia.”

O último dia é antes ou depois da tribulação? Se ainda não estiver convencido, vamos ler João 6:40: “Porquanto a vontade daquele que me enviou é esta: Que todo aquele que vê o Filho, e crê nele, tenha a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia.”

Vemos que Jesus falou 2 vezes para o seu povo que os MORTOS irão ressuscitou somente NO ÚLTIMO DIA. Então não é na pré-tribulação que isso irá acontecer. O arrebatamento não acontece antes da tribulação, ele acontece depois da tribulação.

Mas quem sabe você ainda não esteja convencido. Então Jesus continua em João 6:43-44: “Respondeu, pois, Jesus, e disse-lhes: Não murmureis entre vós. Ninguém pode vir a mim, se o Pai que me enviou o não trouxer; e eu o ressuscitarei no último dia.”

Agora já foram 3 vezes que o Senhor falou claramente para o povo quando Ele iria ressuscitar os mortos.
Mas quem sabe você ainda não está convencido, porque o que o seu pastor ensinou é mais correto do que as próprias palavras de Jesus. Não lhe culpo de ter sido ensinado errado. Assim sendo, vamos ler João 6:53-54: “Jesus, pois, lhes disse: Na verdade, na verdade vos digo que, se não comerdes a carne do Filho do homem, e não beberdes o seu sangue, não tereis vida em vós mesmos. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia.”

Uma, duas, três, quatro vezes Jesus nos disse quando Ele irá ressuscitar os mortos. Quando mesmo? NO ÚLTIMO DIA!

Talvez essa palavras de Jesus não foram o suficiente para você porque o seu líder, o missionário, o televangelista lhe disseram: “Nós seremos arrebatados antes da tribulação e o verso 16 de I Tessalonicenses capítulo 4 afirma isso.” NÃO e NÃO! Não é assim se nós vamos crer nas palavras do próprio Jesus Cristo!

Mas talvez você ainda não esteja convencido. Você é mais para Tomé do que para João. Então, vamos ao livro de João 11:24. Aqui nós temos a estória de Lázaro. Ele ficou doente e morreu. Jesus só chega para ver Lázaro quando ele já está morto. Quando Jesus chega, Marta vai até ele e diz: “Disse, pois, Marta a Jesus: Senhor, se tu estivesses aqui, meu irmão não teria morrido. Mas também agora sei que tudo quanto pedires a Deus, Deus to concederá. Disse-lhe Jesus: Teu irmão há de ressuscitar. Disse-lhe Marta: Eu sei que há de ressuscitar na ressurreição do último dia.”

Esta foi a quinta vez. Quantas vezes mais a Bíblia tem que dizer que os mortos serão ressuscitados somente no ÚLTIMO DIA? Nós só seremos levados após os mortos terem ressuscitado. E agora? Que abacaxi para o seu pastor descarcar, hein?

Certo. Quem sabe você ainda não esteja confiante na Bíblia. Agora nós vamos para outra passagem bíblica que até mesmo é usada pelos que defendem o arrebatamento pré-tribulação e nós vamos tirar a teima para ver se esse verso apóia essa visão ou não.

Abra sua bíblia em I Coríntios 15:50-52: “E agora digo isto, irmãos: que a carne e o sangue não podem herdar o reino de Deus, nem a corrupção herdar a incorrupção. Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados; Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados.”

Quando mesmo isso acontecerá? Quem ressuscita primeiro? Depois o que acontece com os vivos? Isso tudo é pré ou pós-tribulação? Somente na última trombeta! No grego e latim “última” quer dizer a “última.”

Mas vamos dizer que você ainda crê mais no seu pastor do que na Palavra de Deus, ainda mais porque você foi ensinado durante anos que você não vai passar nenhuma tribulação ou dores, pois quando a coisa ficar preta, você vai ser arrebatado. Digo verdadeiramente que somente a Palavra de Deus que pode quebrar essa teoria humana que lhe foi imbutida e trazer luz para sua mente.

Vamos a Mateus 24:29-31: “E, logo depois da aflição (tribulação) daqueles dias, o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz, e as estrelas cairão do céu, e as potências dos céus serão abaladas. Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória. E ele enviará os seus anjos com rijo clamor de trombeta, os quais ajuntarão os seus escolhidos desde os quatro ventos, de uma à outra extremidade dos céus.” (Ênfase minha)

Esse versículo soa para mim a mesma coisa que está citada na passagem de I Tessalonicenses 4 que lemos acima. O que lhe parece? Nós temos aqui a vinda de Jesus, as nuvens, as trombetas e o ajuntamento do seu povo. Quando este de Mateus diz que isso vai acontecer? Imediatamente após a tribulação daqueles dias. Quem disso isso em Mateus? JESUS mesmo!

Meus caros leitores, tudo o que eu estou fazendo é ler para vocês as Escrituras Sagradas. Sabe, nós os cristãos vamos ter que chegar ao ponto onde teremos que parar de pensar que a Bíblia contém as palavras de Deus, mas que ela É A PRÓPRIA PALAVRA DE DEUS. Ou nós iremos crer nela ou não. Não existe meio termo.

Entendo sua luta interior e você me diz que ainda não está convencido. Então vamos para Marcos 13:24-27: “Ora, naqueles dias, depois daquela aflição (tribulação), o sol se escurecerá, e a lua não dará a sua luz. E as estrelas cairão do céu, e as forças que estão nos céus serão abaladas. E então verão vir o Filho do homem nas nuvens, com grande poder e glória. E ele enviará os seus anjos, e ajuntará os seus escolhidos, desde os quatro ventos, da extremidade da terra até a extremidade do céu.” (Ênfase minha)

Veja, os que ensinam o arrebatamento antes da tribulação, afirmam que os santos já foram arrebatados. Então quem são esses ajuntados da terra e do céu que Marcos cita? Aí vem uma assertiva mais absurda ainda desses defensores do arrebatamento pré-tribulação: “Meu irmão, o que você não entende é que esses ajuntados são os santos que passaram pela tribulação ou aqueles que se converteram na tribulação.”

Bom, se é isso, explique para mim quantas classificações de santos você entende que existe? Quantos tipos de santos Jesus Cristo tem? Ao meu conhecimento só existe UM. Esses salvos ou santos não são como os anjos que têm várias classificações como arcanjo, querubim, serafim, etc.. Não adianta forçar nenhum texto bíblico para apoiar afirmar que existe essa classificação porque não tem isso na Bíblia!

Se só existe um tipo de santos, salvos, porquê agora eles ficam categorizados em dois grupos? Existe o grupo dos arrebatados pré-tribulação (quem sabe são os mais santos!) e aqueles “meia-boca” que ficam para sofrer. Então quem irá dterminar que sobe primeiro e quem fica? Aí ouvimos uma desculpe escapista: “Sabe irmão, isso é com Jesus, pois eu não fui chamado para julgar...” e ainda tem coragem de citar a bíblia, pois são muito religiosos!!!

Deixe-me explicar de onde veio essa doutrina do arrebatamento pré-tribulação. O ensinamento de que os cristãos irão passar pela tribulação não nos é conveniente, pois os crentes não querem passar por nenhuma perseguição, mas o interessante é ver o que está escrito em II Timóteo 3:12: “E também todos os que piamente querem viver em Cristo Jesus padecerão perseguições.”
Alguns podem até dizer: “Isso não, Paulo tinha batido a cabeça quando escreveu isso!”, para tentar fugir a verdade Bíblica. A igreja Brasileira não sabe o que é a igreja da China, de Cuba ou as igrejas dos países mulçumanos, onde as pessoas que pregam a Jesus Cristo, colocam suas vidas na forca cada dia por amor a Ele.

Por alguma razão esse ensinamento do arrebatamento pré-tribulação é muito conveniente! Mas quando nós examinamos as Escrituras nós veremos que CERTAMENTE nós passaremos pela tribulação, NÓS SEREMOS PERSEGUIDOS! Pode espernear, resmungar, não querer, mas é bíblico.

Com essa teoria do arrebatamento pré-tribulação, não só uma nova categoria de santos foi criada como também foi necessário inventar um novo tipo de salvação. Os que pregam isso não somente dizem que os santos serão arrebatados, mas o Espírito Santo também irá embora. Aonde eles se apóiam? Eles usam um versículo na Bíblia em II Tessalonicenses 2:7: “Porque já o mistério da injustiça opera; somente há um que agora resiste até que do meio seja tirado.”
Vamos estudar com mais calma esse texto, lendo II Tessalonicenses 2 dos versículos 1 até 10. Assim diz: “Ora, irmãos, rogamo-vos, pela vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, e pela nossa reunião com ele, Que não vos movais facilmente do vosso entendimento, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como de nós, como se o dia de Cristo estivesse já perto. Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição, O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus. Não vos lembrais de que estas coisas vos dizia quando ainda estava convosco? E agora vós sabeis o que o detém, para que a seu próprio tempo seja manifestado. Porque já o mistério da injustiça opera; somente há um que agora resiste até que do meio seja tirado; E então será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca, e aniquilará pelo esplendor da sua vinda. A esse cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás, com todo o poder, e sinais e prodígios de mentira, e com todo o engano da injustiça para os que perecem, porque não receberam o amor da verdade para se salvarem.”

“Nossa, quantos textos bíblicos; cansa ficar lendo tentando decifrar o que está escrito!” Não meu caro irmão, é uma grande bênção poder ter a Palavra de Deus para nela meditarmos e sermos orientados pelo Espírito Santo de Deus, pois só assim estaremos firmes até o último dia. Não tente decifrar nada, peça ao Espírito de Cristo que lhe oriente em toda a Verdade.
Os defensores do arrebatamento pré-tribulação nos dizem que essa parte do texto: “somente há um que agora resiste...” refere-se ao Espírito Santo. Será? Onde no texto está escrito que é o Espírito Santo? Se você acredita como eles, quero lhe informar que existem dois problemas com essa interpretação bíblica.

Primeiro problema – No verso 5 Paulo disse que já havia falado sobre essas coisas com os Tessalonicenses. No verso 6 Paulo afirma que eles sabiam o que ou quem o detinha. Portanto, eles sabiam, pois Paulo havia dito. Ele os está reavivando a memória, apenas isso. O fato é que Paulo não disse para nós quem era essa coisa ou pessoa que estava detendo. Eles sabiam, nós não e ponto final.

Vamos ser honestos conosco mesmos irmãos, não vamos colocar no versículo o que não está lá. A informação dada a eles, por algum motivo, não foi escrita para nós sabermos. Você não sabe, eu não sei e seu pastor também não. Que ninguém invente o que não sabe. “Cuidado que ninguém vos venha a enreda com sua filosofia e vãs sutilezas, conforme a tradição dos homens, conforme os rudimentos do mundo e não segundo Cristo.” É o que nos avisa Paulo em Colossenses 2:8.

Segundo problema - No versículo 7 cita que “há um” que resiste. Quem tem o poder para resistir? Certamente que o Espírito Santo tem poder para se opor a satanás, mas segundo o Apocalipse os anjos também têm o poder de resistir a satanás. Pronto, a própria Bíblia já causou polêmica! Então a Bíblia se contradisse? Não. Então, podemos ser honestos e reconhecermos que não sabemos de quem Paulo estava falando naquele texto?

Creio que os defensores desse arrebatamento têm um grande problema quando se apóiam nesses dois versos para justificar sua teoria. Lembre-se que satanás conhece muito bem a Palavra de Deus e sabe jogar com ela, pois toda heresia começa em satanás e depois apóia-se na Bíblia de maneira aleatória para dar uma noção que é de Deus aquela concepção humana e mundana.

Por favor, só não venha me dizer: “É mas o meu pastor recebeu uma revelação de Deus, dizendo que é o Espírito Santo quem está detendo.” Isso, essa revelação divina foi só para o seu pastor, não é? Para mais ninguém do povo de Deus. Só para traçar um paralelo, você sabe como começou o Islamismo? Você sabe como começou o Mormonismo?

Leia novamente os textos que citamos acima, ore e peça que o Espírito Santo de Deus lhe traga entendimento divino acerca dessas coisas. Amém

Escrito e publicado por Éber Stevão

Nenhum comentário:

Postar um comentário